Infectado, Fabio Wajngarten diz que surto de coronavírus será superado com facilidade

O Secretário de Comunicação da Presidência da República, Fabio Wajngarten, deu entrevista ao Pânico nesta sexta-feira (13)

  • Por Jovem Pan
  • 13/03/2020 12h53
Alan Santos/PRO Secretário de Comunicação da Presidência da República, Fabio Wajngarten, deu entrevista ao Pânico nesta sexta-feira (13)

O Secretário de Comunicação da Presidência da República, Fabio Wajngarten, afirmou, em entrevista ao Pânico nesta sexta-feira (13), que o surto de coronavírus no Brasil será “superado com facilidade” se todos cumprirem o protocolo do Ministério da Saúde.

Wajngarten testou positivo para coronavírus após uma viagem aos Estados Unidos com o presidente Jair Bolsonaro, que testou negativo para a doença. O secretário disse que não apresentou os sintomas durante a viagem. “Não tive sintomas, ninguém [da comitiva presidencial] teve. Tive o primeiro sintoma na última hora do voo de volta para Brasília”, afirmou. “O médico que acompanhava a gente me medicou com Novalgina, me deu uma máscara, e eu já desembarquei de máscara”, continuou.

Depois do diagnóstico, Fabio Wajngarten está isolado e morando longe da família. As três filhas e a esposa do secretário testaram negativo. “Vou ficar de 7 a 10 dias em casa, isolado, todo mundo se mudou. Minhas refeições são deixadas numa bandeja do lado de fora do quarto”, explicou.

Ele disse que o protocolo do Ministério da Saúde, que foi cumprido pelo secretário, é eficaz e vai evitar o aumento de casos se for cumprido. “Uma boa máscara e as condições mínimas de higiene, você está se precavendo”, antecipou. “Trata-se de cumprir o protocolo do Ministério da Saúde e a gente vai superar com facilidade.”

Antes de saber do resultado do teste de Bolsonaro, Wajngarten ainda disse que, caso o resultado fosse positivo, isso não seria um problema. “Qual é o problema de dar positivo? Eu estou positivo e não tenho sintomas, não estou sobrecarregando hospital. O problema é esse pânico”, afirmou o secretário.