Qual é o motivo da briga entre Andrés e Carille? Veja o que Vampeta respondeu

Confira a resposta do Velho Vamp sobre os bastidores do Corinthians

  • Por Jovem Pan
  • 24/10/2020 08h00
Montagem sobre fotos/Reprodução/Jovem Pan/FabioCarille/Andres SanchezVampeta comentou sobre a treta entre Carille e Andrés Sanchez

O Corinthians venceu três edições do Campeonato Paulista (2017, 2018 e 2019) e uma do Campeonato Brasileiro (2017) sob o comando de Fábio Carille. Ainda assim, a passagem do treinador pelo time do Parque São Jorge não terminou da maneira como todos esperavam. No final do ano passado, o técnico foi demitido e desavenças com o presidente do clube, Andrés Sanchez, começaram a aparecer. No 50º programa “Pergunte ao Vampeta”, do Grupo Jovem Pan, o ex-jogador do Timão e comentarista foi questionado sobre o motivo do desentendimento entre o técnico e o mandatário.

“O Andrés deu uma entrevista falando sobre a briga com o Carille uma vez. Eu achava que era vaidade ou porque o Carille é muito amigo de Roberto de Andrade, Edu Gaspar e Alessandro, que sacavam o Andrés em algumas reuniões. Eu acha que era isso, mas é algo muito além disso que o próprio Andrés falou, mas não divulgou a informação para a gente. O Carille é muito gente boa. Ele sempre me tratou bem nas vezes que nos encontramos e o respeito é recíproco”, disse o pentacampeão do mundo com a seleção brasileira. Assista ao programa completo abaixo.

No mês passado, Andrés admitiu um problema pessoal “seríssimo” com o ex-treinador do Timão. “Eu tenho um problema pessoal ‘seríssimo’ com ele. É um problema pessoal, que influencia no clube. Porque não tem como não misturar as coisas. Eu fui o primeiro a ajudá-lo, mas as pessoas mudam muito quando ganham dinheiro. E, infelizmente, o Carille mudou para pior”, disse o mandatário corintiano, em entrevista ao Aqui com Benja, do Fox Sports. De acordo com o presidente do Corinthians, ele teve conflitos com o treinador nas duas passagens. “O maior problema foi na segunda passagem, mesmo. Mas na primeira passagem também teve problema. Assim que eu assumi, ele não parava de me aparecer com proposta para sair”, completou.

Andrés está completando o seus últimos meses de mandato à frente do Corinthians – a eleição está marcada para o final deste ano e o dirigente tenta emplacar Duílio Monteiro Alves como seu sucessor. Já Carille, por sua vez, está no Al-Ittihad, da Arábia Saudita, desde o começo de 2020.

Assista o programa abaixo: