Datena agradece apoio após filho ser internado com Covid-19

Junior, de 33 anos, estava se recuperando bem da doença, mas apresentou uma piora 10 dias depois de ser diagnosticado com o coronavírus e precisou ir ao hospital

  • Por Jovem Pan
  • 08/06/2021 15h31 - Atualizado em 08/06/2021 15h46
Reprodução/Instagram/datenareal/08.06.2021Datena disse que o filho, Junior, foi a pessoa da família que mais se preocupou com a Covid-19

O jornalista José Luiz Datena usou as redes sociais nesta terça-feira, 8, para agradecer as mensagens de apoio que recebeu após seu filho, José Luiz Datena Junior, ser internado no Hospital Sírio-Libanês com Covid-19. “Obrigado a todos pelas mensagens desejando a recuperação do meu filho”, escreveu o apresentador no Twitter ao compartilhar um vídeo do depoimento que deu no programa “Manhã Bandeirantes” transmitido na manhã de segunda-feira, 7. “Dentre os meus filhos, o Junior, que tem 33 anos, foi o que mais se preocupou com a doença da família. Ele e a mulher ficou quase que a pandemia inteira dentro do apartamento, ele quase não saia, ficava atento a qualquer sinal de crescimento [no número de casos] da doença no Brasil e em qualquer canto do mundo, ele me passava as informações. Foi o mais cuidadoso da família. Quando ele dificilmente vinha aqui em casa usava máscara e ficava a uma distância da gente”, contou Datena.

Junior testou positivo para a Covid-19 há cerca de 11 dias. “A esposa, que mora no mesmo lugar, mesmo apartamento, não pegou. A evolução foi boa e, de repente, ele piorou”, disse o apresentador. Com isso, Junior precisou ir ao hospital e, no programa “Melhor da Tarde”, Datena confirmou à apresentadora Cátia Fonseca que o filho precisou ficar internado. No “Manhã Bandeirantes”, o jornalista fez críticas ao fato da Copa América acontecer no Brasil em meio a pandemia, que segue descontrolada no país. Ele também criticou o atual presidente Jair Bolsonaro por não ter comprado as vacinas oferecidas pela Pfizer e o desempenho de Eduardo Pazuello enquanto esteve no Ministério da Saúde. “Como eu estou preocupado com meu filho, milhões de brasileiros estão preocupados com filhos, mães, irmãos, irmãs que não tem oxigênio para respirar”, enfatizou o apresentador do “Brasil Urgente”, da Band. Procurada pela Jovem Pan, a assessoria de imprensa do Hospital Sírio-Libanês informou que não foi divulgado nenhum boletim médico sobre o estado de saúde de Junior.