Halsey diz ter sido atingida por tiros durante protesto por George Floyd

  • Por Jovem Pan
  • 31/05/2020 12h29
ReproduçãoCantora publicou uma série de stories no Instagram denunciando a violência policial ocorrida contra as pessoas que estavam protestando pacificamente

A cantora Halsey relatou neste domingo nas redes sociais que foi alvo de disparos de bala de borracha durante uma manifestação em Los Angeles contra a morte de George Floyd, homem negro sufocado até a morte pelo policial branco Derek Chauvin.

Halsey publicou uma série de stories no Instagram denunciando a violência policial ocorrida contra as pessoas que estavam protestando pacificamente.

“Estávamos pacificamente com as mãos para o alto sem nos movermos e os policias abriram fogo, com armas de balas de borracha e gás lacrimogênio várias vezes contra os cidadãos de Nova York. Não estávamos provocando eles”, escreveu. “A maioria de nós apenas está pedindo que tenham empatia, que reconsiderem a humanidade e a história e o futuro da nossa nação”, continuou.

“Eles abriram fogo várias vezes. Eu fui atingida duas vezes. Uma vez por uma pistola e outra por estilhaços. Ficamos com gás lacrimogênio por horas. A linha de frente não cedeu. Eu vou voltar”, finalizou a cantora, publicando fotos de policiais.

Ariana Grande, Nick Cannon, Jamie Foxx, YUNGBLUD, Kali Uchis, Melanie Martinez, Tinashe e Ross Lynch também foram flagrados em protestos.

Os protestos começaram na quinta-feira e já se espalharam por mais de 30 cidades norte-americanas. Três pessoas morreram e cerca de 1.669 foram presas em 22 cidades, de acordo com registros da Associated Press. Quase um terço dessas prisões ocorreu em Los Angeles, onde o governador declarou Estado de Emergência e solicitou apoio da Guarda Nacional.