Maicon, ex-dupla de Marlon, conta que já levou um tiro e vive com bala alojada na cabeça

Cantor afirmou que não pode retirar a o projétil, pois há risco de romper veias, o que poderia deixar ele cego ou surdo

  • Por Jovem Pan
  • 15/04/2021 11h02 - Atualizado em 15/04/2021 17h23
Maicon Fábio disse que o tiro foi acidental e que não pode sofrer impactos na cabeça

O cantor sertanejo Maicon Fábio, que fez sucesso no início dos anos 2000 com a dupla Marlon & Maicon, contou que levou um tiro por acidente quando era adolescente e, desde então, vive com a bala alojada na cabeça. “Eu fui na casa de um amigo com outro amigo e lá tinha umas armas na parede. O cara tirou uma das armas e falou: ‘Já pensou se tivesse uma bala?’. Aí ele atirou e tinha [mesmo uma bala]”, disse o artista durante participação no podcast “No Flow”. A bala atingiu Maicon poucos centímetros abaixo do seu olho: “Se eu tivesse ficado [parado] tinha pegado no meio do meu olho. Ficou um buraquinho [no meu rosto], se você colocar a mão, você sente a bala”.

O cantor explicou que não pode retirar o projétil porque ele está “entre o nervo da visão e da audição”. O médico até tentou, mas explicou para o artista que se a bala fosse retirada corria o risco de romper uma das duas veias e, consequentemente, ele ficaria cego ou surdo. O sertanejo, atualmente com 41 anos, disse que não sente raiva do amigo que atirou nele acidentalmente. “Era aquele menino que a mãe falava: ‘Filho, não anda com esse marginal’. Mas eu insistia em andar com o marginal. Mas passou, foi coisa de criança”, contou aos risos. Maicon disse ainda que, por recomendação médica, ele não pode sofrer impactos na cabeça.