Modelo da Vogue é acusada na Rússia de matar marido esfaqueado por ciúmes

A mãe de Lilia Sudakova contou outra versão da história e garantiu que a filha agiu em legítima defesa

  • 02/12/2020 11h10 - Atualizado em 02/12/2020 11h12
Reprodução/Instagram/alekseykoshelevLilia Sudakova confessou que esfaqueou o marido por ciúmes

Lilia Sudakova, uma modelo russa da Vogue, está sendo acusada de esfaquear o marido, Sergey Popov, com uma faca de cozinha após ter um ataque de ciúmes. A jovem de 26 anos pode pegar 15 anos de prisão na Rússia caso seja condenada. Segundo divulgado pelo Daily Mail, a briga começou depois que o marido ‘flertou’ com uma mulher em um bar, levou ela para casa e exigiu que Lilia cozinhasse para eles. A mãe da modelo, Irena Sudakova, conta outra versão da história e afirmou que a filha foi vítima de violência doméstica por muito tempo e garante que ela agiu em legítima defesa. “Lilia é uma vítima, foi legítima defesa. Este era um amor tão doentio. Tudo aconteceu por acidente, foi um acidente”, afirmou.

Na versão da mãe de Lilia, Sergey teria chegado em casa bêbado e agredido sua filha puxando ela pelo cabelo enquanto ela cortava legumes e, para se defender, usou a faca. A modelo russa chegou a confessar que esfaqueou o marido e, por isso, foi acusada de homicídio culposo. Já detida, ela ficará sob custódia espetando o julgamento por dois meses. Sucesso no mundo da moda, a ruiva já apareceu na capa da Vogue russa e em revistas da Itália, China e Japão.