Nany People diz que fãs de Pabllo Vittar não conhecem seu legado: ‘Brasil não tem memória’

Em entrevista ao Pânico, a atriz falou sobre seus shows de stand-up e a nova geração de humoristas

  • Por Jovem Pan
  • 18/02/2022 16h18
Reprodução/Pânico Nany People no estúdio do Pânico Nany People foi a convidada do programa Pãnico desta sexta-feira, 18

Nesta sexta-feira, 18, o programa Pânico recebeu a humorista Nany People. Transexual com anos de atuação no universo artístico das drag queens, Nany comentou sobre o sucesso de artistas como Pabllo Vittar e Gloria Groove. “Todo artista tem seu tempo e seu momento. Essa geração nasceu na internet. Por eles serem implantados na internet, é natural que essa geração de 13, 15, 20 consuma isso. Eu vi amigas minhas dizendo: ‘Nany, meu neto está encantado porque conheceu você’. O curioso é que o Brasil não tem memória. Ah, a gente se inspirou na Gloria Groove e Pabllo Vittar porque desconhece o trabalho feito até antes de mim. Desconhece por desconhecimento. É natural por verem na internet uma coisa mais fácil e na mão, porque não vão atrás.”

Em cartaz no Teatro Folha com o espetáculo “Nany Pop”, a atriz também falou sobre a nova geração de humoristas popularizados com a ascensão da internet. “Tem humorista que só funciona na internet, tem humorista que não tem um solo feito. Dani Calabresa não tem um solo feito inteiro. Tem humorista que funciona num set de 12 minutos, mas põe para fazer um solo de uma hora e quarenta fazendo todo mundo rir…”, refletiu. “ Faz um solo, bebê! Não tem. Não convence e não segura. Isso não é crítica. Dani Calabresa é minha amiga e ela sabe: sempre teve medo de fazer um solo”, disse.

Confira na íntegra a entrevista com Nany People: