Pai de Meghan Markle diz que príncipe Harry vai lançar livro para insultar a rainha: ‘Vergonha’

Thomas Markle também culpou o genro pelo distanciamento da filha, que se recusa a falar com o pai

  • Por Jovem Pan
  • 19/10/2021 11h36 - Atualizado em 19/10/2021 11h40
EFE/EPA/Neil MunnsMeghan Markle e príncipe Harry não possuem contato com Thomas Markle

O pai de Meghan Markle, Thomas Markle, voltou a expor publicamente as desavenças que possui com a filha e o genro, o príncipe Harry, e declarou que pensa em tomar medidas legais para poder ter contato com os netos, Archie e Lilibet. Durante participação no “Good Morning Britain” desta terça-feira, 19, Thomas reclamou do fato da filha se recusar a falar com ele: “Isso é muito infantil e meio bobo, você sabe quando é hora de conversar um com o outro, somos uma família. As crianças vão crescer sem saber que têm duas famílias. Isso agora não é mais apenas entre mim e a minha filha”. O pai da atriz contou que também tentou entrar em contado com a ex-mulher, Doria Ragland, algumas vezes, mas ele não sabe onde ela está atualmente. “Não acho que ela esteja em Los Angeles ou com Meghan e Harry, não sei onde ela está, mas já tentei entrar em contato com ela.”

Para Thomas, a filha mudou seu comportamento após começar a se envolver com o príncipe. “Ela nunca foi assim e, depois que ficou com Harry, ela mudou. Ela praticamente renegou os dois lados de sua família e eu não entendo o motivo disso”, comentou. “Acho que Harry abandonou a rainha e a família real, o povo britânico e o exército. Ele abandonou todos eles. Tudo o que ele faz agora é andar de bicicleta pelo bairro em que mora. Não sei se é uma grande vida para ele, não faz sentido.” O pai de Meghan disse ainda que todas as atitudes do casal são pensadas para que possam lucrar. “Harry está lançando um livro e isso só pode ser uma forma cruel de insultar sua avó, a rainha [Elizabeth]. É uma ideia ridícula e é apenas algo por dinheiro. Tudo o que eles estão fazendo é por dinheiro. Mas fazer isso para sua avó que tem 95 anos é uma vergonha”, concluiu. O livro de memórias de Harry está previsto para ser lançado em 2022.