Youtuber RaulZito é preso por suspeita de estupro de vulnerável

Gamer foi detido após denúncia de dois menores de idade contra ele; polícia acredita que ele usava redes sociais para aliciar crianças

  • Por Jovem Pan
  • 27/07/2021 16h04 - Atualizado em 27/07/2021 17h20
Polícia Civil do Rio de Janeiro/Reprodução de vídeoRaulZito foi preso em Florianópolis

A Polícia Civil do Rio de Janeiro prendeu de forma preventiva nesta terça-feira, 27, o youtuber e influenciador Raulino de Oliveira Maciel, conhecido como “RaulZito”, por suposto estupro de vulnerável cometido no Estado. O gamer foi procurado na sua casa, na cidade de São Caetano do Sul, mas não foi encontrado no local. A equipe policial viajou por horas até conseguir detê-lo na cidade de Florianópolis, em Santa Catarina. De acordo com a PCERJ, ele usava a sua conta no Instagram, que tem mais de 200 mil seguidores, para forçar contato com crianças e prometer acesso a trabalhos na área dos games. Ele, que fazia parte do quadro de gamers do SBT Games, chegava a usar o nome da emissora para persuadir os jovens.

As investigações contra “RaulZito” foram iniciadas após a mãe de uma das vítimas, de 14 anos, procurar a polícia na cidade de Niterói informando que abusos foram cometidos pelo youtuber entre os meses de fevereiro e maio deste ano. Pouco tempo depois, a familiar de outra vítima, de 10 anos, que mora na cidade de São Caetano do Sul (SP) também procurou a polícia para relatar crime semelhante que teria sido cometido pelo mesmo influencer. “As vítimas são atores mirins de teatro, cinema e TV, com trabalhos realizados e em andamento”, diz nota da polícia. As investigações continuam em busca de mais crianças que possam ter sido assediadas pelo youtuber. As vítimas que passaram por escuta especializada com a polícia informaram que os abusos ocorreram de forma repetida ao longo de semanas.

Em nota, o SBT afirmou que o youtuber não faz mais parte do quadro de streamers do SBT Games, no qual tinha ingressado no começo do ano. “Ele era produtor de conteúdo não exclusivo da plataforma, não tendo nesta condição direito algum em usar o nome da emissora em negociações fora das propriedades do SBT Games”, pontua nota. A emissora informou, ainda, que aguarda elucidação dos fatos e o resultado da investigação que resultou na prisão do gamer. A marca Motorspeed Brasil, da qual o youtuber era embaixador, disse que as eventuais atitudes tomadas por RaulZito não compactuam com os valores deles e afirmou que afastou ele da marca “até que sejam resolvidos os processos e procedimentos legais”. Até o momento, a defesa de RaulZito não se pronunciou.