Baixista do Maroon 5 deixa a banda após acusação de violência doméstica

Mickey Madden foi preso no final do mês passado, mas liberado no mesmo dia após pagar fiança de US$ 50 mil

  • Por Jovem Pan
  • 15/07/2020 10h00
ReproduçãoMaroon 5 disse estar devastado com 'notícia decepcionante'

Mickey Madden, baixista do Maroon 5, anunciou na terça-feira (14) que se afastará da banda após acusação de violência doméstica. No mês passado, o músico foi preso, em Los Angeles, pelo crime.

“Eu tenho algumas questões com as quais eu tenho que lidar no momento, então decidi me afastar do Maroon 5 por enquanto. Nesse período, não quero ser uma distração para os meus colegas. Desejo apenas o melhor para eles”, diz o comunicado enviado por Madden à revista People.

O baixista foi preso no dia 27 de junho, mas foi liberado no mesmo dia após pagar uma fiança no valor de US$ 50 mil – aproximadamente R$ 268 mil. Na época, o Maroon 5 se pronunciou afirmando está devastado com a “notícia decepcionante”. “Conforme aprendemos mais, estamos olhando para a questão com muita seriedade. Por ora, estamos permitindo que os indivíduos envolvidos tenham espaço para resolver as coisas”, disseram.