Anitta chora ao revelar que foi vítima de estupro aos 14 anos

Cantora fez o relato na série documental ‘Anitta Made in Honório’ da Netflix

  • Por Jovem Pan
  • 16/12/2020 11h12
Reprodução/Netflix Anitta se emocionou ao falar pela primeira vez sobre abuso na adolescência

A cantora Anitta decidiu abrir seu coração e falar pela primeira vez de um estupro que sofreu na adolescência, quando tinha 14 anos. O depoimento carregado de emoção está no primeiro episódio da série documental “Anitta Made in Honório”, lançada nesta quarta-feira, 16, na Netflix. A cantora chorou e disse que nunca tinha falado do assunto em público com medo dos julgamentos. Na série, ela contou que tinha um relacionamento com um homem que era autoritário e um dia ele estava muito “nervoso” e “estressado” e, com medo, ela acabou perguntando se ele queria ir para um lugar mais reservado. “Na mesma hora, ele parou o estresse dele e perguntou se eu tinha certeza. Eu falei que sim. Mas hoje eu tenho plena certeza que eu falei sim porque eu estava morrendo de medo do estresse dele”, afirmou a cantora.

Ao chegar ao local reservado, Anitta disse que se deu conta que não deveria ter relação sexual com alguém por medo e falou para o então parceiro que não queria mais. “Ele não ouviu. Ele não falou nada. Só seguiu fazendo o que ele queria fazer. Quando ele acabou, ele saiu, foi abrir uma cerveja e fiquei olhando para cama cheia de sangue”, detalhou a artista. “Faz muito pouco tempo que eu parei de achar que isso é culpa minha, que eu parei de achar que eu causei isso para mim. E eu sempre tive medo do que as pessoas iam falar. Como ela pode ter sofrido isso e hoje ser tão sexual, ser tão aberta? Eu não sei”, finalizou a artista. As declarações da cantora na série estão repercutindo nas redes sociais e o nome de Anitta já está entre os mais comentados do Twitter.