‘Deserto Particular’ é filme escolhido para representar o Brasil no Oscar 2022

Aclamado em Vezena, longa de Aly Muritiba vai concorrer a categoria Melhor Filme Estrangeiro

  • Por Jovem Pan
  • 15/10/2021 14h35 - Atualizado em 15/10/2021 14h36
Reprodução/Instagram/Aly Muritiba/15.10.2021 'Deserto Particular' fala de um policial exemplar que põe sua carreira em risco

O filme “Deserto Particular”, do diretor Aly Muritiba, vai representar o Brasil no Oscar 2022. O anúncio foi feito nesta sexta-feira, 15, após uma reunião do Comitê de Seleção da Academia Brasileira de Cinema e Artes Audiovisuais. O longa, que vai concorrer a categoria Melhor Filme Estrangeiro, conta a história do policial Daniel, interpretado por Antonio Saboia, que é um profissional exemplar, mas comete um erro que coloca sua carreira em risco. Sentindo que nada mais o prende em Curitiba, ele decide largar tudo e ir ao sertão da Bahia em busca de uma mulher com quem se relaciona de forma virtual. Ao saber que “Deserto Particular” entrou oficialmente na corrida do Oscar, o diretor do filme celebrou e contou como surgiu a ideia do enredo. 

Anos atrás fui convidado para atuar como consultor de roteiro no laboratório de dramaturgia que o SESI promovia em Curitiba. Sempre que posso aceito este tipo de convite, pois esses encontros com outras criadoras e criadores me nutrem e provocam. Foi neste laboratório que conheci Henrique dos Santos, que ali apresentava o argumento de um filme dramático sobre um cara apaixonado por uma garota que só conhecia virtualmente.  As trocas semanais com Henrique acabaram culminando num convite para desenvolvermos esse projeto juntos. Depois de alguns anos labutando no roteiro daquele drama, que por força do desejo,tornou-se história de amor, enfim conseguimos tirar as palavras do papel e encará-la em corpos e lugares”, escreveu Aly no Instagram. 

Após seis anos de trabalho, o longa foi concluído e apresentado em Veneza. “Ali, aquelas palavras de amor escritas e reescritas tantas e tantas vezes por nós levaram o público às lágrimas (eram lágrimas de felicidade). Ali, naquela sala de cinema, testemunhei o poder da palavra encarnada em corpo. Ovacionado por 10 minutos, ‘Deserto Particular’ passou a ser considerado como possibilidade para representar o Brasil na corrida do Oscar. E eis que esse dia chegou.” O filme disputou com outros 14 títulos, sendo eles: “7 Prisionieros”, “A Nuvem Rosa”, “A Última Floresta”, “Cabeça de Nêgo”, “Callado”, “Carro Rei”, “Cavalo”, “Doutor Gama”, “Limiar”, “Medida Provisória”, “Meu Nome é Bagddá”, “Por que você não chora?”, “Selvagem” e “Um Dia com Jerusa”. A cerimônia do Oscar 2022 está marcada para 27 de março do ano que vem no Teatro Dolby, em Los Angeles, Estados Unidos.