‘As Meninas Superpoderosas’ serão jovens adultas desiludidas em série live-action

Emissora CW desenvolve versão com atores de clássico desenho dos anos 90

  • Por Jovem Pan
  • 25/08/2020 09h00
ReproduçãoLindinha, Florzinha e Docinho faziam parte de trio que lutava contra o crime durante o jardim de infância

Açúcar, tempero e atores! “As Meninas Superpoderosas” vão ganhar uma série live-action produzida pela emissora americana CW, revelou a revista Variety. O trio formado por Lindinha, Florzinha e Docinho foi criado originalmente como animação por Craig McCracken e, em seis temporadas, se tornou um dos desenhos queridinhos dos anos 90 e início dos anos 2000. No original, as meninas conciliavam suas lutas contra o crime com as aulas do jardim de infância, mas agora serão retratadas como jovens adultas, em seus 20 e poucos anos, que estão desiludidas por terem perdido seus melhores anos lutando contra o mal.

O projeto terá as produtoras-executivas Diablo Cody (“Juno”) e Heather Regnier (“Veronica Mars: A Jovem Espiã”), que também assinarão o roteiro. Greg Berlanti, um dos criadores do “Arrowverse”, faz parte da produção da série. Até o momento, atores e atrizes não foram anunciados para o live-action de “As Meninas Superpoderosas”, mas a novidade já animou os fãs da animação nas redes sociais.

Outro clássico dos anos 90 que também ganhará versão live-action será “Super-Choque”. Na semana passada, a DC anunciou a produção de um filme durante um painel surpresa do evento virtual ‘DC Fandome’. Ainda não há maiores informações sobre o projeto, que estaria na fase inicial de desenvolvimento.