Musicais Broadway, stand-up e mais: veja dicas de espetáculos para assistir presencialmente

‘A Fantástica Fábrica de Chocolate’, ‘Donna Summer’ e comédias com Monique Alfradique e Oscar Filho estão entre as atrações que voltam a ser apresentadas com a presença do público

  • Por Jovem Pan
  • 04/09/2021 10h00 - Atualizado em 04/09/2021 12h18
Reprodução/Instagram/charlieomusical'Charlie e A Fantástica Fábrica de Chocolate' será apresentado no Teatro Renault, em São Paulo

O teatro foi um dos setores mais afetados pela pandemia e, após um ano e meio de cortinas fechadas, os espetáculos estão voltando as ocupar os palcos de São Paulo. A Secretaria de Cultura do Estado informou à Jovem Pan que “a capacidade retoma aos 100%, respeitando as medidas de distanciamento, uso de máscaras e regras de cada município”. Na capital paulista, por exemplo, foi definido que os eventos com mais de 500 pessoas devem exigir o comprovante de vacinação – que poderá ser apresentando de forma física ou digital pelo ConectSUS ou e-SaudeSP – informando que o espectador tomou pelo uma dose do imunizante. No entanto, é importante ficar atento na hora de comprar o ingresso, pois o “passaporte de vacina” pode garantir desconto ou ser exigido por locais que comportam menos de 500 pessoas. O teatro musical, que movimentou R$ 1 bilhão na capital paulista em 2018, conforme indica uma pesquisa divulgada pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), volta com força total e grandes produções que já passaram pela Broadway entrarão em cena. Também tem opções de espetáculos voltados ao público infantil e stand-up comedy para quem busca dar boas risadas. Confira dicas de espetáculos para assistir presencialmente em São Paulo:

“Donna Summer Musical”

Karin Hills em cena como Donna Summer

Karin Hills é uma das atrizes que vive Donna Summer no musical – Fonte: Divulgação/Caio Galucci

A história da artista que marcou geração é explorada nessa superprodução dirigida por Miguel Falabella. O espetáculo “Donna Summer Musical” estreou na Broadway em 2018 e chega ao Brasil – após ter sua estreia interrompida pela pandemia – com um cenário mais refinado, que pesa 13 toneladas e foi construído com diversos espelhos. Embalado pelos sucessos da personagem-título, o musical acompanha três fases da cantora. Amanda Souza faz Donna na juventude, Jennifer Nascimento no auge do sucesso e Karin Hills na fase dos 50 anos da artista. O espetáculo solicitará ao público o comprovante de vacinação.

Serviço:

  • Local: Teatro Santander
  • Horários: Quintas e sextas-feiras: 21h/ Sábados: 17h30 e 21h00/ Domingos: 16h00 e 19h30
  • Preço: De R$ 37,50 a R$ 280,00
  • Em cartaz

“Cinderella, o Musical”

Fabi Bang vestida de Cinderella e segurando um sapato

Fabi Bang protagoniza o espetáculo Cinderella, o Musical – Fonte: Divulgação/Priscila Prade

Baseado em uma versão francesa do conto de fadas, o espetáculo “Cinderella, o Musical” é outra grande produção em cartaz em São Paulo. Com músicas de Richard Rodgers e Oscar Hammerstein, o musical da Broadway chegou a receber nove indicações ao Tony Awards. A versão brasileira conta com Fabi Bang no papel da princesa e o público pode esperar cenas de tirar o fôlego, como a famosa troca de roupa para o baile com a ajuda da Fada Madrinha. Para ver essa magia de perto, também será preciso apresentar o comprovante de vacinação.

Serviço:

  • Local: Teatro Liberdade
  • Horários: Quintas e sextas: 20h30/ Sábados: 16h e 20h30/ Domingos: 16h e 20h
  • Preços: De R$ 60,00 a R$ 240,00
  • Em cartaz

“Charlie e a Fantástica Fábrica de Chocolate”

Cena do espetáculo A Fantástica Fábrica de Chocolate com Willy Wonka e Charlie

Charlie e A Fantástica Fábrica de Chocolate é baseado no filme de 1971 – Fonte: Divulgação/João Caldas

A famosa história do chocolateiro que lança um concurso com cinco bilhetes premiados para conhecer sua fábrica também ganhou uma versão teatral que será apresentada pela primeira vez no Brasil. Com Cleto Baccic no papel do icônico Willy Wonka, o musical estreou em West End, Londres, em 2013, e chegou à Broadway em 2017 após passar por uma reformulação. A versão brasileira contará com um novo cenário e o público poderá ver ao vivo cenas e cenários populares das duas versões cinematográficas de “A Fantástica Fábrica de Chocolate”, como a fonte de chocolate, o laboratório de miniaturização, a sala dos esquilos e a menina virando uma amora gigante. Além disso, a produção conta com um elevador de vidro que sobrevoa o palco. O espetáculo estreia dia 17 de setembro e ainda não há informações sobre o comprovante de vacinação.

Serviço:

  • Local: Teatro Renault
  • Horários: Sextas: 20h30/ Sábados: 15h30 e 20h30/ Domingos: 14h30 e 19h30
  • Preços: De R$ 31,00 a R$ 310,00
  • Estreia: 17 de setembro

“Barnum–O Rei do Show”

Elenco do musical O Rei do Show

‘Barnum – O Rei do Show’ conta com Murilo Rosa, Kiara Sasso, Diva Menner e Giulia Nadruz – Fonte: Divulgação/Caio Galucci

A vida do showman e empresário Phineas Taylor Barnum ganhou os palcos na década de 1980 e, desde então, conquistou muitos prêmios. Em 2017, a história de Barnum inspirou o filme “O Rei do Show” protagonizado por Hugh Jackman. Agora, a trama ganha uma versão brasileira protagonizada por Murilo Rosa e assinada por Claudio Botelho. Barnum ficou conhecido por popularizar um museu itinerante que misturava circo, zoológico e personagens freaks, sendo que uma das principais atrações era uma mulher que ele dizia ter 160 anos. Como o espetáculo toca em assuntos relevantes como igualdade e inclusão, a produção brasileira contou com um comitê que ficou responsável por fazer a história conversar com a atualidade. O espetáculo estreia dia 01 de outubro e ainda não há informações sobre exigência do comprovante de vacinação.

Serviço:

  • Local: Teatro Opus
  • Horários: Sextas: 20h30/ Sábado: 17h e 20h30/ Domingo: 16h e 19h30
  • Preços: De R$ 25,00 a R$ 240,00
  • Estreia: 01 de outubro

“Como Ter Uma Vida Quase Normal”

Cartaz da peça protagonizada por Monique Alfradique

Monique Alfradique estrela o espetáculo ‘Como Ter Uma Vida Quase Normal’ – Fonte: Divulgação/Morente Forte

Monique Alfradique dá vida a uma mulher que tenta lidar com conflitos contemporâneos após enfrentar problemas amorosos, fracassos profissionais e experiências não convencionais no mundo virtual. Nessa comédia, uma das questões levantadas é se vale a pena querer se encaixar nos padrões impostos pela sociedade. O espetáculo conta com direção de Rafael Primot e é inspirado no livro “Como Ter Uma Vida Normal Sendo Louca”. O espetáculo oferece desconto para quem já tomou a vacina contra a Covid-19, sendo obrigatório apresentar o comprovante na entrada do teatro.

Serviço:

  • Local: Teatro das Artes
  • Horários: Sábado: 19h/ Domingo: 19h
  • Preços: De R$ 35,00 a R$ 70,00
  • Estreia: 11 de setembro

“Alto – Biografia não Autorizada”

Oscar Filho com um microfone na mão

Oscar Filho conta sua trajetória em ‘Alto-Biografia não Autorizada’ – Fonte: Reprodução/Instagram/oscarfilho

Outra opção para quem busca algo cômico é o stand-up do humorista Oscar Filho, que foi baseado no livro “Autobiografia Não Autorizada”, lançado em 2014. “Não espere nenhum ensinamento sobre a vida. O show trata apenas das minhas desventuras, desde o meu nascimento em Atibaia, até o dia em que fui convidado a ser co-apresentador do Programa da Maísa”, explicou o artista. O espetáculo também conta com participação de Cid Moreira, que fez narrações para a peça. A atração estreia dia 10 de setembro e ainda não há informações sobre o comprovante de vacinação.

Serviço:

  • Local: Teatro Morumbi Shopping
  • Horários: Sextas: 21h
  • Preços: R$ 28,00
  • Estreia: 10 de setembro

“Ao Som de um Violino”

Protagonista de Ao Som de um Violino tocando o instrumento

‘Ao Som de um Violino’ é uma peça infantil sobre uma menina que busca refúgio na música – Fonte: Divulgação/Teatro Folha

O espetáculo infantil “Ao Som de um Violino” conta a história de Camila, uma menina de 12 anos que após seu pai desaparecer passa a viver sozinha em uma casa velha em Florença, na Itália. Para se sustentar, ela vende flores aos turistas que chegam à cidade. Solitária, ela busca consolo na música e em seu único amigo, Luiggi. A peça é embalada com canções de grandes nomes da música brasileira como Roberto Carlos e Erasmo Carlos. A trama é baseada no livro de Caroline Verban, que agora faz sua estreia como diretora teatral. “Estou realizada como diretora e escritora, é muito gratificante ver uma obra minha ganhando vida. Estou feliz com o resultado do trabalho de todos”, comentou. O espetáculo estreou no dia 3 de setembro e ainda não há informações sobre o comprovante de vacinação.

Serviço:

  • Local: Teatro Folha
  • Horários: Sábados e Domingos: 11h
  • Preços: De R$ 25,00 a R$ 50,00
  • Em cartaz

“Tá Embaçado”

Cartaz do espetáculo Tá Embaçado com Fabio Rabin

Fabio Rabin apresenta o polêmico stand-up ‘Tá Embaçado’ – Fonte: Divulgação/Sympla

Em seu quarto espetáculo solo, o humorista Fabio Rabin reflete no palco sobre rotina, relacionamento e dificuldades na criação dos filhos. O stand-up é considerado o mais polêmico de sua carreira, pois toca em assuntos como drogas, preconceito, política e o “politicamente correto” que impõe mais desafios aos comediantes. O espetáculo oferece desconto para quem já tomou a vacina contra a Covid-19, sendo obrigatório apresentar o comprovante na entrada do teatro.

Serviço:

  • Local: Teatro das Artes
  • Horários: Sextas e Sábados: 21h30
  • Preços: De R$ 35,00 a R$ 70,00
  • Em cartaz

“O Pescador e a Estrela”

Cena do espetáculo O Pescador e a Estrela

Musical infantil O Pescador e a Estrela conta a história de um jovem deficiente visual – Fonte: Divulgação/Morente Forte

Depois de fazer temporadas no Rio de Janeiro e em Brasília, o espetáculo infantil “O Pescador e a Estrela” finalmente chega a São Paulo. Na peça, Fabiandro é um pescador deficiente visual apaixonado por uma estrela e todas as noites eles se encontram para cantar e dançar – ele na terra e ela no céu. Um dia, a estrela desaparece e ele parte para uma jornada ao céu para encontrá-la. O sensível espetáculo mostra que é possível ver além do que os olhos podem enxergar. Ele será apresentador no CCBB São Paulo e em outubro a peça será também será exibida de forma digital. Para assistir presencial, não será necessário mostrar o comprovante de vacinação.

Serviço:

  • Local: CCBB São Paulo
  • Horários: Sábados e Domingos: 15h
  • Preços: R$ 30,00
  • Estreia: 4 de setembro