Campeonato Paulista será paralisado por oito dias a partir de sábado

Anúncio será feito pelo governador de São Paulo, João Doria (PSDB), em coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes

  • Por Pedro Sciola e André Siqueira
  • 11/03/2021 11h41 - Atualizado em 11/03/2021 12h22
Reprodução/Twitter/@PaulistaoSuspensão do campeonato deve vigorar até o dia 21 de março

Em meio ao agravamento da pandemia do novo coronavírus no Brasil, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), irá anunciar, na tarde desta quinta-feira, 11, a paralisação do Campeonato Paulista por oito dias, a partir do sábado, 13. A informação foi confirmada à Jovem Pan por integrantes do governo paulista e da Federação Paulista de Futebol (FPF). O anúncio será feito em coletiva de imprensa, no Palácio dos Bandeirantes, às 12h45. Além de determinar a paralisação do futebol, Doria irá anunciar medidas mais restritivas para combater o avanço da Covid-19.

Doria publicou um vídeo em suas redes sociais no qual afirma que vai adotar medidas mais restritivas no Estado em virtude do agravamento da crise sanitária. “Infelizmente nós chegamos no momento mais críticos, mais critico da pandemia. Mesmo com todos os esforços que estamos fazendo aqui em São Paulo, seguindo as recomendações dos maiores especialistas de saúde, nossos hospitais estão chegando no limite, no limite máximo de ocupação. Essa nova cepa do vírus é muito agressiva, muito perigosa. Teremos que adotar medidas mais restritivas de distanciamento social para diminuir a circulação do vírus no Estado de SP. Para proteger você. É a única forma, é a única forma para tentarmos, neste momento, conter a aceleração das mortes e evitar que tantas famílias sejam devastadas como vem acontecendo todos os dias aqui e no Brasil”, disse.

De acordo com ele, essa nova fase do Plano São Paulo é mais restritiva. “Não é fácil tomar essa decisão, uma decisão impopular, difícil, dura. Nenhum governante gosta de parar as atividades econômicas do seu Estado. Eu, principalmente. Entendo o sofrimento de todos. É difícil, é difícil não poder sair para trabalhar, é difícil não sair para batalhar pelo sustento da sua família. É difícil não poder ir para escola, faculdade, ter restringido o seu convívio social. Você não pode ir pro esporte, não pode ir para sua academia. Eu me solidarizo, eu me solidarizo sim com todos que tiveram suas vidas afetadas pela pandemia. Mas só há duas alternativas para controlar o contágio do vírus nesse momento: a vacina e o distanciamento social.