‘São as últimas batalhas e estou aproveitando ao máximo’, diz Messi após classificação para final da Copa América

Argentina venceu a edição anterior do campeonato, em 2021, no Brasil, e depois conquistou a Copa do Mundo de 2022, no Catar

  • Por Jovem Pan
  • 10/07/2024 06h43
REGINALDO PIMENTA/AGÊNCIA O DIA/ESTADÃO CONTEÚDO Lionel Messi junto com elenco da seleção argetina Com gols de Julián Álvarez e do próprio Messi, a equipe comandada pelo técnico Lionel Scaloni venceu o Canadá

O craque Lionel Messi disse que está aproveitando o momento da seleção argentina, que se classificou esta terça-feira (9) para a final da Copa América-2024, nos Estados Unidos, ao vencer o Canadá por 2 a 0 e vai defender o título continental neste domingo. “A verdade é que é uma loucura o que este grupo fez, o que a seleção argentina vem fazendo, porque depois de tudo isso é preciso valorizar todas as finais que eu e a antiga geração disputamos”, declarou Messi na transmissão da TyC Sports.  “Não é fácil para nós estarmos novamente numa final, e voltarmos a competir para sermos campeões”, disse o camisa 10. “Estou vivendo isso como vivi na última Copa América, na última Copa do Mundo (…). São as últimas batalhas e estou aproveitando ao máximo”, continuou o astro, lembrando outros jogadores de longa carreira com quem jogou pela seleção ‘albiceleste’, como Ángel Di María. Com gols de Julián Álvarez e do próprio Messi, a equipe comandada pelo técnico Lionel Scaloni venceu o Canadá com autoridade para ganhar o direito de decidir o torneio continental no próximo domingo, em Miami, contra o vencedor da semifinal que Uruguai e Colômbia disputam nesta quarta-feira, em Charlotte, na Carolina do Norte. Messi, de 37 anos, disse que foi um torneio “difícil”. “É uma Copa difícil mesmo, com campos muito ruins, com temperaturas altas, times muito duros, e estarmos novamente em uma final é algo para desfrutar”, insistiu.

cta_logo_jp
Siga o canal da Jovem Pan Esportes e receba as principais notícias no seu WhatsApp!

A Argentina venceu a edição anterior da Copa América, em 2021, no Brasil, e depois conquistou a Copa do Mundo de 2022, no Catar. “É um orgulho como argentino, como representante desta seleção, poder disputar mais uma final”, afirmou o goleiro Emiliano Martínez. “É como se fosse a primeira”. ‘Dibu’ Martínez ficou satisfeito com o seu desempenho. “Eu disse (antes de começar o torneio) que o melhor ainda está por vir. Trabalho para isso, me sinto cada vez melhor, tomo melhores decisões em campo e sempre quando marcam um gol me corrijo muito”, disse ele. Julián Álvarez afirmou que os jogadores da ‘Albiceleste’ vão esperar “com calma” pelo adversário, seja o Uruguai ou a Colômbia. “Estamos tranquilos. Vamos ver quem é o próximo adversário, descansar e nos preparar para o jogo”. “Parece fácil [a classificação] por tudo o que temos feito, mas não podemos esquecer que não é fácil, que merecemos, que temos trabalhado muito bem e, bom, estamos em mais uma final e vamos encará-la como deve ser encarada”, concluiu o atacante do Manchester City.

Publicado por Luisa Cardoso

*Com informações da AFP

Comentários

Conteúdo para assinantes. Assine JP Premium.