CBF adia Chapecoense x CSA após surto de casos de Covid-19 em time alagoano

18 dos 31 jogadores inscritos pelo CSA testaram positivo para o novo coronavírus

  • Por Jovem Pan
  • 11/08/2020 13h49
ReproduçãoTreinamento do time do CSA

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) cancelou, na tarde desta terça-feira, 11, a partida entre Chapecoense e CSA, que seria disputada nesta quarta-feira, 12, em partida válida pela segunda rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. De acordo com a entidade, o jogo será adiado devido ao surto de casos da Covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus, no elenco alagoano – 18 dos 31 jogadores inscritos na competição foram infectados.

“A Confederação Brasileira de Futebol comunica que a partida entre a Associação Chapecoense de Futebol e o Centro Sportivo Alagoano, válida pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro da Série B 2020, que seria realizada nesta quarta-feira, 12, na Arena Condá, em Chapecó, foi adiada em virtude dos resultados dos testes realizados no elenco do CSA, que constataram, em prova e contraprova, a contaminação por coronavírus de nove jogadores. Estes se somam a outros nove atletas da equipe que haviam sido afastados da primeira rodada da competição por terem testado positivo, totalizando 18 dos 31 inscritos na competição”, anunciou.

A CBF ainda afirmou que a viagem do CSA ao território catarinense foi cancelada de última hora e que o confronto entre as equipes será remarcado em breve. Vale lembrar, no entanto, que este não é o primeiro problema da entidade neste sentido. No domingo, a partida entre Goiás e São Paulo, pela Série A, foi suspensa após nove jogadores do clube goiano testarem positivo para Covid-19.