Cinco anos após tragédia na Colômbia, Chapecoense se solidariza à família de Marília Mendonça: ‘Turbilhão de sentimentos’

O clube catarinense, que perdeu diversos jogadores, diretores e profissionais em um acidente aéreo, em 2016, se manifestou através das redes sociais

  • Por Jovem Pan
  • 05/11/2021 18h11 - Atualizado em 05/11/2021 18h37
Reprodução/Instagram/mariliamendoncacantora/Globo/05.04.2021Marília Mendonça morreu em acidente aéreo

A Chapecoense, que perdeu diversos jogadores, diretores e profissionais em um acidente aéreo, em 2016, se solidarizou com a morte de Marília Mendonça, cantora que foi uma das vítimas fatais na queda do bimotor Beech Aircraft, da PEC Táxi Aéreo, que levava ela e outras quatro pessoas de Goiás à Caratinga, em Minais Gerais. “Um turbilhão de sentimentos toma o nosso coração quando tragédias como essa acontecem. Diante de tamanha dor, expressamos a nossa solidariedade e desejamos aos familiares e amigos da cantora Marília Mendonça e demais vítimas força e resiliência. Nossas orações estão com vocês”, escreveu o clube catarinense.