Ex-vocalista da Banda Calcinha Preta, Sidney Chuchu, é assassinado em Sergipe

José Aparecido da Silva foi encontrado morto em sua casa com ‘golpes de faca’ no corpo; cantor fez parte do grupo entre 1995 e 1998

  • Por Jovem Pan
  • 05/11/2021 16h50
Reprodução/Instagram/@calcinhapretaSidney Chuchu emplacou o hit “Onde o Sonho Mora” da banda Calcinha Preta

O ex-vocalista da banda Calcinha Preta José Aparecido da Silva, conhecido como Sidney Chuchu, foi encontrado morto em sua casa em Nossa Senhora do Socorro, na região metropolitana de Aracaju, nesta quinta-feira, 4. A Polícia Civil foi acionada após uma testemunha chegar à residência do cantor, no conjunto Parque dos Faróis, e o encontrar caído no chão. Segundo nota da polícia, a vítima morava na casa, que era alugada, há aproximadamente dois anos. A Secretaria de Segurança Pública de Sergipe afirma que corpo foi encontrado com “golpes de faca”. A Criminalística e o Instituto Médico Legal (IML) foram acionados e fizeram os exames periciais e o recolhimento do corpo.

O grupo Calcinha Preta usou suas redes sociais para prestar condolências. “Hoje toda a família Calcinha Preta está de luto. É com grande tristeza e pesar que recebemos a notícia do falecimento de José Aparecido da Silva, o nosso querido Sidney Chuchu, que foi o nosso primeiro vocalista”, escreveu a banda. Sidney Chuchu esteve à frente do Calcinha Preta entre 1995 e 1998, tendo emplacado sucessos como o hit “Onde o Sonho Mora”. “A família Calcinha Preta deseja seus sinceros sentimentos aos familiares, amigos e fãs do saudoso Sidney Chuchu. Descanse em paz. Infelizmente, você nos deixou precocemente, e vai deixar muita saudade, mas, estará para sempre na história da Banda Calcinha Preta e em nossos corações”, finalizou o grupo.