Andrés Sanchez pede licença da presidência do Corinthians; entenda

Saiba o motivo da troca no comando do Alvinegro paulista

  • Por Jovem Pan
  • 12/11/2020 12h05
Newton Menezes/Estadão ConteúdoAndrés Sanchez pediu afastamento da presidência do Corinthians

O Corinthians comunicou na manhã desta quinta-feira, 12, que tem um novo presidente. Isto porque Andrés Sanchez, atual mandatário, cumpriu a promessa de se afastar e pediu licença do cargo de presidente do Alvinegro até o dia 30 de novembro de 2020. Desta forma, o vice Alexandre Husni já tomou posse e ficará à frente do clube no período. A troca no comando acontece após o dirigente do Timão declarar que iria homenagear os seus vices nos últimos meses de mandato – no dia 28 de novembro, os conselheiros do Corinthias irão definir o novo presidente, ocupará o cargo máximo dentro do clube por três anos. Assim, a tendência é que Edna Murad, a outra vice-presidente, assuma em dezembro, o último mês da era Sanchez.

Andrés, no entanto, não irá deixar de acompanhar o dia a dia do Corinthians. Nos próximos meses, ele atuará como uma espécie de diretor de futebol, fazendo o contato entre o elenco e a presidência, além de acompanhar o time durante as viagens do Campeonato Brasileiro.

Veja a nota do Corinthians:

O Sport Club Corinthians Paulista informa que o presidente Andrés Sanches se licenciou do cargo da Diretoria Executiva (11 de novembro) com o objetivo de estar no dia a dia do Departamento de Futebol Profissional. Alexandre Husni, segundo vice-presidente da Diretoria Executiva, exercerá o cargo até o próximo dia 30