‘É impossível sanar finanças e fazer grandes contratações’, diz Mário Gobbi sobre suposto retorno de Tevez

  • Por Raphael Thebas
  • 04/07/2020 15h37
MARCELO MACHADO DE MELO/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO Argentino declarou ter o desejo de encerrar carreira no Timão

Presidente do Corinthians entre 2012 e 2015, Mário Gobbi apresentou na manhã deste sábado (4) sua candidatura à presidência do clube nas eleições que definirão quem comandará entre 2021 e 2023, substituindo Andrés Sanchez. O ex-mandatário atendeu a Jovem Pan virtualmente e respondeu sobre a possibilidade de contratar o atacante argentino Carlitos Tevez – que na semana passada disse à rádio argentina “La Red Am 901” ter o desejo de encerrar a carreira no Timão. “É impossível você sanar as finanças e fazer grandes contratações”, disse o candidato.

Gobbi ressaltou a importância de reorganizar a gestão do clube para reduzir as dívidas acumuladas nos últimos anos. “Pelo menos no primeiro ano, segundo ano, é impossível fazer grandes contratações. Eu também quero sanar as finanças, ter um clube com uma gestão saudável financeiramente e ter um super time, mas isso é conto de fadas”, afirmou.

Tevez tem hoje 36 anos e não entrou em acordo com o Boca Juniors, da Argentina. Em 2005, ao 21 anos, Carlitos comandou o Corinthians na conquista do tetracampeonato nacional e se tornou ídolo da Fiel Torcida.

Antes aliado de Andrés, Mário Gobbi agora será candidato de oposição pela chapa “Reconstrução”, conduzida por nomes como o advogado Felipe Ezabella, entrevistado no último domingo no Seleção Jovem Pan.