Sede do Corinthians amanhece pichada após derrota para o CSA: ‘Acabou a paz’

  • Por Jovem Pan
  • 31/10/2019 10h35
Peter Leone/O Fotográfico/Estadão ConteúdoAndrés Sánchez é o atual presidente do Corinthians

O Corinthians perdeu para o CSA por 2 a 1, na noite da última quarta-feira (30), em Maceió, em confronto válido pelo Campeonato Brasileiro, e chegou ao seu sétimo jogo consecutivo sem vitória. Insatisfeitos com a má fase do time, alguns torcedores picharam o muro do Parque São Jorge, sede do Alvinegro paulista.

Em vídeo que circula nas redes sociais, diversas frases contra Andrés Sanchez, presidente do Corinthians, Fábio Carille, treinador da equipe, e o time foram flagradas pichadas no CT.

“Acabo paz (sic)”, “lixo eleco (sic)”, “Andés nóia e “landrao (sic)” foram alguns dos xingamentos registrados.

Após a partida contra o time alagoano, Andrés Sánchez não garantiu a permanência de Carille e disparou: “Se eu falar que ele continua, vão falar que o que a gente fala não vale. Ele tem contrato até o fim do ano que vem. Hoje está ruim todo mundo, jogador que já quer sair de férias tem que falar. Treinador tem culpa, jogador também. Hoje não quisemos jogar, quem já quiser sair de férias pode sair, não tem problema nenhum”, disse.

O Corinthians não ficava sete partidas sem vencer desde 2013. Agora, o Timão tentará reverter a situação no próximo domingo (3), quando visita o líder Flamengo, no Maracanã.