Vampeta revela conversa com Marcelinho Carioca após críticas a Sylvinho; assista

Amigo da dupla, o comentarista do Grupo Jovem Pan contou como foi o papo com o ‘Pé de Anjo’ após as críticas ao treinador do Corinthians

  • Por Jovem Pan
  • 25/10/2021 14h11
Montagem sobre fotos/Reprodução/Jovem Pan/TV Corinthians/CorinthiansVampeta revelou como foi a conversa com Marcelinho após o 'Pé de Anjo' detonar Sylvinho

Marcelinho Carioca estampou as manchetes dos jornais, na semana passada, após tecer duras crítica ao seu ex-companheiro e atual técnico Sylvinho, do Corinthians. Em “live” reproduzida na TV oficial do clube, o “Pé de Anjo” detonou o trabalho do treinador à frente do time do Parque São Jorge e questionou até a forma como ele se veste. Amigo da dupla, o comentarista Vampeta, do Grupo Jovem Pan, contou que ligou para Marcelinho para cobrar explicações quanto ao tema. Durante o programa “Canelada”, o Velho Vamp revelou uma certa mágoa por parte do ex-camisa 10 do Alvinegro paulista.

“Não dei uma dura, mas conversei com o Marcelinho Carioca. Perguntei o motivo de ter falado tudo aquilo, já que ele era muito próximo do Sylvinho, seja dividindo quarto na concentração ou frequentando a mesma igreja. Ele me disse que pensa tudo aquilo que falou e que não tem contato com o Sylvnho há seis anos. O Marcelinho disse: ‘Ele era meu amigo. Eu gosto do Sylvinho, mas ele nunca mais me deu uma ligação. Depois que foi para a Europa, nunca mais me chamou. Então a pancada está dada!'”, revelou o Vampeta. “Às vezes, essa declaração do Marcelinho foi mais pessoal do que qualquer outra coisa”, completou o comentarista da JP.

Ao lado do ex-goleiro Ronaldo Giovanelli, outro nome importante da história do Corinthians, Marcelinho Carioca detonou Sylvinho, comparando o treinador com o apresentador Luciano Huck pela forma de se vestir. “Por que está com aquela p*** daquela camisa com a manga aberta igual ao Luciano Huck? Fecha a p*** da manga ou então coloca um agasalho porque aqui é Corinthians, mano! A calça está apertada. Não tem nada a ver com a vida dele ou com a roupa dele, mas as pessoas falam, eu falo de boa. Estou de fora, não estou dentro do olho do furacão. O Sylvinho é terrão, o Sylvinho é Corinthians, ele ama o Corinthians e sabe o que representa o Corinthians, mas não é o Guardiola, aqui não é a Europa”, disse, na ocasião.