Coutinho diz estar ‘surpreso’ com críticas e comemora retorno à seleção brasileira

Após se recuperar de uma grave lesão, o meio-campista ainda não teve uma longa sequência no Barcelona, mas foi lembrado por Tite para as partidas válidas pelas Eliminatórias da Copa do Mundo

  • Por Jovem Pan
  • 08/11/2021 14h59
Reprodução/CBF TV Philippe Coutinho concedeu entrevista coletiva antes de seu retorno à seleção brasileira Philippe Coutinho concedeu entrevista coletiva antes de seu retorno à seleção brasileira

Philippe Coutinho foi a principal novidade na lista divulgada por Tite para os jogos da seleção brasileira contra a Colômbia, na próxima quinta-feira, na Neo Química Arena, em São Paulo, e diante da Argentina, fora de casa, no dia 16 de novembro. Após se recuperar de uma grave lesão, o meio-campista ainda não teve uma longa sequência no Barcelona, mas foi lembrado por Tite para as partidas válidas pelas Eliminatórias da Copa do Mundo. Em entrevista coletiva, o jogador afirmou que está se sentindo bem. “Essa fase gerou muita dúvida na minha cabeça. Depois de tudo que passei, me sinto merecedor de tudo isso. Óbvio que ficar nove meses parado não é fácil, vindo de três cirurgias seguidas. Desde que voltei, não sinto nenhum incômodo, fisicamente me sinto bem. Precisa de tempo para estar na melhor forma tecnicamente, mas eu voltei em setembro, então acho que já deu esse tempo. É claro que não tive uma sequência de jogos como titular, mas eu estou 100%”, afirmou nesta segunda-feira, 8.

Apesar disso, no último domingo, Coutinho foi alvo de críticas do jornal catalão “Sport”, que disse que o jogador teria tido uma reação preguiçosa durante o aquecimento para o jogo entre Barcelona e Celta de Vigo no último fim de semana – o brasileiro ficou no banco os 90 minutos e a partida terminou empatada por 3 a 3. “Fiquei surpreso quando cheguei em casa e vi algumas notícias. Nunca faltou profissionalismo na minha carreira, mas respeito a opinião de todos. Tinha muita vontade de estar aqui e venho com a cabeça focada no trabalho durante esses 10 dias. Eu acredito muito no meu trabalho, no meu potencial. O Tite já me conhece há algum tempo. Diante disso tudo, venho com bastante confiança. Batalhei para ser convocado a primeira vez, para me manter aqui e agora para poder voltar”, disse o jogador.

Na seleção, Coutinho está ocupando a vaga de Everton Ribeiro, meia do Flamengo que não foi chamado por atuar no Brasil, e terá que disputar espaço com Lucas Paquetá, que vive ótimo momento no Lyon e na seleção. Sobre o concorrente, ele foi só elogios. “Paquetá é um grande jogador e isso é bom para a seleção. Aqui sempre foi assim, aquele que estiver em melhor condições e em um melhor momento é quem joga. Eu venho para buscar meu espaço. Eu sempre deixei claro que onde o Tite me enxergar, estarei ali dando meu máximo. Sobre posições, ainda não fizemos o primeiro treinamento. Hoje devemos conversar e o staff vai passar o que eles têm em mente para o primeiro jogo. O Brasil está no caminho certo, a evolução está nítida a cada jogo”, completou Coutinho.