Cuca defende Ronaldinho Gaúcho: ‘Com certeza ele é isento de qualquer culpa’

  • Por Jovem Pan
  • 21/04/2020 16h01 - Atualizado em 21/04/2020 16h06
reproduçãoCuca e Ronaldinho ganharam a Libertadores com o Atlético-MG

Cuca, responsável por comandar Ronaldinho Gaúcho no Atlético-MG, saiu em defesa do ex-atleta, que está preso juntamento com o irmão após entrar no Paraguai com passaportes falsificados. Em participação no programa “Fox Sports Rádio”, nesta terça-feira (21), o treinador afirmou que o Bruxo não é maldoso.

Detidos desde o início de março, os irmãos também são investigados de participar em um suposto esquema de lavagem de dinheiro. Cumprindo prisão domiciliar em um luxuoso hotel, ambos aguardam a decisão da Justiça local.

“Eu, sinceramente, pelo que eu conheço do Ronaldo, pode ser até ignorância minha, acho que ele desconhece porque ele está lá. Sinceramente, eu acho isso, porque ele não tem maldade nenhuma. Você não consegue ver no Ronaldo uma situação dele querer tirar proveito de alguma coisa. O que ele quer tirar proveito é jogar bola, se divertir”, disse Cuca.

“Não consigo ver nele nenhum tipo de maldade, de querer tirar proveito em cima desta situação. Todo mundo sabe que o Ronaldinho Gaúcho é brasileiro. Como ele vai dar um ‘carteiraço’ paraguaio em qualquer outro país que ele vá? Eu não sei ao certo o que aconteceu, mas com certeza ele é isento de qualquer culpa disso”, completou.

Cuca e Ronaldinho Gaúcho ajudaram o Atlético-MG a conquistar o inédito título da Copa Libertadores da América, em 2013.