‘Errei, mas é muito injusto colocar só na minha conta’, dispara Thiago Neves sobre queda do Cruzeiro

  • Por Jovem Pan
  • 26/01/2020 14h21
ReproduçãoThiago Neves concedeu entrevista exclusiva ao Esporte Espetacular, da TV Globo

Apontado como um dos principais responsáveis pelo rebaixamento do Cruzeiro à Série B do Campeonato Brasileiro, Thiago Neves abriu o coração. Em entrevista ao comentarista Walter Casagrande Júnior para o Esporte Espetacular, da TV Globo, o meia de 34 anos, que rescindiu com o clube celeste e está prestes a fechar com o Grêmio, admitiu que errou, mas disse que é “muito injusto” ser apontado como o único culpado pelo primeiro descenso da história da Raposa.

“Eu errei, confesso que errei. Tenho minha parcela de culpa no rebaixamento do Cruzeiro, mas acho muito injusto todo mundo querer colocar só na minha conta. Eu tenho (culpa) sim, participei dos jogos, muitos falam do jogo do CSA que ficou marcado pelo pênalti… Assumo minha responsabilidade agora como assumi depois de vários jogos, coisa que muitos jogadores não fizeram. Mas também não posso ser culpado pelo rebaixamento sozinho”, desabafou.

Em três anos de Cruzeiro, Thiago Neves disputou 151 jogos, conquistou quatro títulos (duas Copas do Brasil e dois Campeonatos Mineiros) e somou 41 gols e 23 assistências. Para 2020, a tendência é de que o jogador, que atualmente está livre no mercado, atue pelo Grêmio, do amigo Renato Gaúcho. E Thiago falou em “deixar muita gente de boca aberta” com o desempenho na nova temporada.

“Confio muito em mim e gosto de momentos assim, das pessoas desconfiando de mim. Quando cheguei no Cruzeiro falavam que eu estava muito tempo fora do Brasil. Será que vai ser o mesmo? Fui o melhor jogar, bati as metas, falei que ia fazer e fiz. Então, 2020 será mais um ano assim, todos desacreditam, com 34 anos indo para 35… Não vou falar em ‘cala a boca’ porque é uma expressão forte, mas vai ser um ano para deixar muita gente de boca aberta”, finalizou.