Felipão vai continuar no Cruzeiro? Veja o que o treinador falou após manter o time na Série B

Confira o que Luiz Felipe Scolari disse sobre a possibilidade de permanecer na Raposa para a temporada de 2021

  • Por Jovem Pan
  • 21/01/2021 11h31 - Atualizado em 21/01/2021 11h33
Reprodução/CruzeiroLuiz Felipe Scolari é o atual treinador do Cruzeiro

O Cruzeiro venceu o Operário-PR por 2 a 1 na noite da última quarta-feira, 20, e assegurou a sua permanência na Série B do Campeonato Brasileiro para a temporada 2021 – o time estava lutando contra a zona de rebaixamento e não tem mais condições de retornar à elite do futebol nacional. Em entrevista coletiva, o treinador Luiz Felipe Scolari, então, foi indagado sobre a possibilidade de continuar no cargo.

“Estamos a dois jogos do fim do campeonato, vamos terminar e depois conversamos. Com o presidente, com os diretores. A gente vai ver o que vai acontecer. Uma série de situações que temos pela frente, então é tranquilo. Vamos conversar novamente. Vamos ouvir algumas coisas, vamos passar situações”, disse Felipão.

O treinador também foi perguntado sobre alguns assuntos que seriam tratados com a diretoria da Raposa para avaliar a sua continuidade. Mais uma vez, no entanto, Felipão não deu pistas e afirmou que existem muitos boatos nas redes sociais sobre a situação do Cruzeiro. “Gente, o que eu vou falar com a direção é uma coisa interna. Já chega de tanta fofoca, de tanta frescura, de tantas pessoas colocarem bobagens em Twitter e em redes sociais. Chega! Eu acho absurdo o que estão fazendo com o Cruzeiro. Tenho que me posicionar como técnico, junto com o (André) Mazzuco, com o Deivid, com o Sérgio (Rodrigues), com as pessoas”, explicou.

O Cruzeiro encerrou a 36.ª rodada com 47 pontos. Primeiro clube na zona de rebaixamento, o Figueirense tem 39 e não pode mais alcançá-lo na tabela de classificação. Pelo objetivo cumprido, Felipão agradeceu seus jogadores. “Em primeiro lugar, quero agradecer aos jogadores pela dedicação. Conseguimos alcançar o primeiro objetivo, que era sair daquele embrulho que estávamos. Já tivemos oito rodadas na Série C, entre o 17.º e o 20.º lugar, saímos”, relembrou.