Ídolo, Souza critica fase do São Paulo: ‘Parecendo o Corinthians e quem não tem Mundial’

Campeões com o Tricolor, Dagoberto, Richarlyson e Leandro também criticaram o time após o vexame para o Internacional; confira

  • Por Jovem Pan
  • 21/01/2021 11h17 - Atualizado em 21/01/2021 12h27
Montagem sobre fotos/Reprodução/São Paulo FC/ LUCIANO CLAUDINO/CÓDIGO19/ESTADÃO CONTEÚDOSouza criticou a fase do São Paulo

Multicampeão pelo São Paulo, o meio-campista Souza fez duras criticas ao time após a vexatória derrota para o Internacional pelo placar de 5 a 1, na noite da última quarta-feira, 20, em pleno estádio do Morumbi. Por meio do seu Instagram, o atleta campeão do Brasileirão, da Libertadores e do Mundial pelo clube recomendou que o técnico Fernando Diniz mudasse a forma da equipe atuar e deu uma cutucada nos rivais Corinthians e Palmeiras. “Estamos parecendo o Corinthians”, disse Souza, de 40 anos, em uma publicação. “Onde viram o Barcelona sair jogando assim? Diniz, muda essa saída, meu amigo. Você mata a gente do coração. Tomei um pacote de chá de camomila. Misericórdia. Tendo que escutar quem não tem Mundial tirando onda”, completou o atual jogador do Murici, de Alagoas.

Outro campeão com o São Paulo, Dagoberto pediu para que Muricy Ramalho, recém-contratado como coordenador de futebol, assumisse a vaga do treinador Fernando Diniz. Mujica (apelido de Muricy), comanda você, por favor. Hoje deu para ver nitidamente um time que quer ser campeão e outro que acha que já é campeão”, comentou no Instagram o ex-atacante, que ganhou dois títulos do Brasileirão (2007 e 2008) com a camisa do Tricolor.

Leandro, também bicampeão nacional, pediu mudança imediata no comando técnico. “Agora vamos passar vergonha juntos. Tem que mudar hoje. Ainda dá tempo”, comentou. Richarlyson, por sua vez, se manifestou pedindo para que “devolvam o meu São Paulo”. O Tricolor volta a campo na noite do próximo sábado, 23, quando recebe o Coritiba, novamente no Morumbi, em embate válido pela 32ª rodada do Brasileirão. Na segunda posição, o time soma 56 pontos, dois a menos do que novo líder, o Internacional.