Final, clássico e virada improvável: relembre jogos que podem eleger melhor do mundo

  • Por Jovem Pan
  • 23/10/2017 08h30
MontagemCristiano Ronaldo, Messi e Neymar são os finalistas de prêmio The Best, da Fifa

Messi, Cristiano Ronaldo ou Neymar? Os três principais craques do futebol mundial estão na disputa do The Best, prêmio da Fifa para o melhor jogador da temporada, que será entregue nesta segunda-feira (23) em Londres, na Inglaterra.

É inegável o quanto eles foram gigantes durante este ano. Messi novamente foi o maior artilheiro da Europa (37 gols no Espanhol), Cristiano Ronaldo mais uma vez ergueu taças (Liga dos Campeões e Campeonato Espanhol) e Neymar se tornou o jogador mais caro de todos os tempos.

Além dos números e dos troféus alcançados, são as grandes atuações que fazem um jogador ser merecedor do prêmio da Fifa. Aquele momento importantíssimo em que o craque desequilibra e opera milagres em campo. No dia da entrega do The Best, a Jovem Pan relembra três jogos dignos de um melhor do mundo e que podem pesar na escolha dos votantes em 2017. Confira:

Cristiano Ronaldo: decisivo na final

Não basta ser craque, tem que ser decisivo. Foi isso que Cristiano Ronaldo provou durante a temporada passada, exibindo o seu melhor futebol nos jogos que o Real Madrid mais precisava, com o ápice na final da Liga dos Campeões. O português ofuscou o golaço de bicicleta de Mandzukic, comandou a vitória madridista por 4 a 1 com dois gols e alcançou a marca de 600 gols em sua carreira.

Após uma pré-temporada conturbada, com boatos até de saída do Real, Cristiano voltou dando uma aula de futebol em cima do Barcelona na Supercopa da Espanha. Nesta segunda, CR7 busca o seu quinto prêmio de melhor do mundo, marca que o faria igualar Messi.

Lionel Messi: decisivo no clássico

O Barcelona alcançou apenas a Copa do Rei nesta temporada, mas foi a regularidade de Messi, sempre com boas atuações, que o colocou novamente na briga pelo prêmio da Fifa. Apesar de o maior feito de Messi em 2017 ser o hat-trick que colocou a Argentina na Copa do Mundo na última rodada das Eliminatórias, os votantes deverão se lembrar da vitória no clássico contra o Real Madrid.

Na ocasião, o argentino marcou duas vezes em pleno Santiago Bernabéu, mostrou a camisa para a arquibancada e chegou aos 500 gols com a camisa do Barça. 

Neymar: decisivo na virada

O homem de 222 milhões de euros, que fez o mundo voltar a atenção para o futebol francês e que tem ajudado o PSG a fazer o seu melhor começo de Liga dos Campeões na história. Essa é Neymar atualmente. Porém, seu “último ato” pelo Barcelona, justamente contra o seu novo clube, com certeza o fez ficar entre os três finalistas nesta edição do The Best.

O Barça vinha de uma derrota por 4 a 0 na partida de ida das oitavas da Champions. Na volta, o brasileiro “fez o impossível”: marcou dois gols, sofreu um pênalti, deu uma assistência e deixou o placar em 6 a 1 para o catalães. Sem dúvidas, sua maior atuação com a camisa do Barcelona.