Campeonato Italiano muda o regulamento e proíbe uso de uniformes verdes; entenda

A partir da temporada 2022/23 a cor não será permitida; o Sassuolo é o único time da Série A que usa camisa esverdeada

  • Por Jovem Pan
  • 15/07/2021 18h25 - Atualizado em 15/07/2021 19h01
Reprodução/ Twitter @SassuoloUSTime do Sassuolo tem o verde como sua cor principal

A partir da temporada 2022/23, o Campeonato Italiano não aceitará mais que clubes usem uniformes na cor verde. O motivo da mudança é ajudar nas transmissões televisivas, já que os organizadores entendem que a cor das camisas contrastam com a do gramado e podem causar distorções nos displays gráficos de publicidade. Entre os principais times italianos, o Sassuolo é o único a utilizar o verde como tonalidade de seu uniforme oficial (Lazio e Atalanta já usaram camisas alternativas nesta cor). Em suas redes sociais, o Sassuolo publicou a hashtag #ForzaSasol após a decisão. No entanto, essa não foi a única mudança prevista no regulamento oficial da Serie A, publicado nesta quinta-feira, 15. Na próxima temporada, os uniformes para as partidas devem seguir a seguinte determinação: um time com cor clara e outro com cor predominante escura. Em caso de uniformes com listras (como os utilizados pelos rivais Milan e Inter de Milão), as cores devem ser totalmente diferentes. “Se a camisa for circulada, com faixas ou xadrez, a outra não deve conter nenhuma das cores presentes no primeiro”, diz o documento. Ou seja, o Derby della Madonnina sofrerá alterações importantes de uniforme.