Conmebol muda jogo para Brasília e Flamengo deve receber torcida contra o Defensa Y Justicia

A mudança foi um pedido da diretoria flamenguista após a Prefeitura do Rio de Janeiro vetar presença de público no decisivo confronto com os argentinos, pela Libertadores

  • Por Jovem Pan
  • 15/07/2021 18h03 - Atualizado em 15/07/2021 19h05
Reprodução/@AlexandreVidal1/ CRFO meia Arrascaeta em ação no primeiro jogo entre Defensa e Flamengo

A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) informou na tarde desta quinta-feira, 15, que a partida entre Flamengo e Defensa y Justicia, marcada inicialmente para o Maracanã, acontecerá no Estádio Mané Garrincha, em Brasília, a partir das 21h30 (de Brasília) da próxima quarta-feira, 21. A mudança foi um pedido da diretoria flamenguista, que viu o seu pedido para receber torcedores ser vetado pela prefeitura do Rio de Janeiro. A cúpula, então, entrou em contato com as autoridades do Distrito Federal, que devem permitir a presença de torcedores no jogo decisivo das oitavas de final da Copa Libertadores da América. Na ida, o Rubro-Negro venceu por 1 a 0 na Argentina.

No último domingo, a Conmebol autorizou o retorno dos torcedores no estádio, mas deixou a decisão de liberar o público nas mãos das autoridades de saúde responsáveis. Sem o aval da prefeitura do Rio, o Flamengo se movimentou nos bastidores para levar a decisão para Brasília. Nesta quinta, em desembarque após o jogo na Argentina, o presidente Rodolfo Landim falou sobre o tema. “Brasília, mas temos que acertar ainda o processo de como seria a venda de ingressos. Precisamos conversar primeiro com o pessoal aqui”, disse. Vice-presidente do clube, Rodrigo Dunshee comemorou. “Rumo à Brasília, jogo de volta contra o DyJ [Defensa y Justicia]. As passagens de avião vão acabar rapidinho…”, escreveu o dirigente, em sua conta no Twitter, prevendo ida em massa da torcida flamenguista à capital federal.