Possível transferência de Arthur gera irritação e ‘climão’ entre técnicos de Barcelona e Juventus

Maurizio Sarri, treinador da Juve, reclamou dos elogios feitos por Quique Setién, comandante do time catalão, a Pjanic, meia bósnio que tem o nome envolvido em uma possível troca com o brasileiro

  • Por Jovem Pan
  • 25/06/2020 15h46 - Atualizado em 25/06/2020 15h47
Montagem sobre fotos/Jose Manuel Vidal/Ettore Ferrari/EFEQuique Setién (esquerda) e Maurizio Sarri (direita) são os treinadores de Barcelona e Juventus, respectivamente

O técnico italiano Maurizio Sarri, da Juventus, irritou-se e deu uma “alfinetada” no treinador do Barcelona, Quique Setién, nesta quinta-feira, 25, depois de ser questionado sobre a possível troca envolvendo os meias Arthur e Pjanic. Segundo Sarri, não é correto quando um técnico fala de um jogador de outro clube, como o espanhol fez. “Arthur é um jogador do Barcelona, e acho que é ruim que eu me coloque a falar sobre ele. Não gostei quando (Quique) Setién falou de Pjanic”, disse o comandante italiano.

A reclamação do treinador da Juventus ocorre um dia depois de Setién ter elogiado Pjanic e dito que a possível transferência à Juventus pode ter influenciado negativamente no desempenho de Arthur no jogo contra o Athletic Bilbao. “Se este for o caso, tenho certeza que o afetou, sim”, declarou Setién. “Dada a situação, precisamos de todos os jogadores e vamos tentar nos isolar desta situação e da mídia, que está reportando e falando sobre estes rumores. Preciso que ele (Arthur) esteja focado. É verdade que estamos numa situação difícil, mas temos que superá-la”, acrescentou, antes de falar sobre o meia bósnio da Juventus: “Pjanic é um grande jogador, e nos interessam todos os grandes jogadores. Mas também há grandes jogadores nos jornais todos os dias”.

De acordo com as informações veiculadas pela imprensa italiana, a Juve pagaria 80 milhões de euros pelo brasileiro, enquanto o Barcelona desembolsaria 70 milhões de euros para contratar o bósnio, além de pagar outros 5 milhões de euros de acordo com metas estabelecidas. Sarri garantiu que não está ciente de qualquer negociação do clube de Turim, mas reafirmou que segue contando normalmente com Pjanic, que é uma das principais peças do elenco. O treinador apontou que uma negociação seria por outros motivos, que não opção da comissão. “Não é um jogador que esteja em discussão no plano técnico. É um jogador da minha confiança, que passou por um momento difícil, teve queda de rendimento, mas deve reagir rápido. Estou feliz com ele e tenho certeza que tem ampla margem de melhora”, afirmou.

*Com informações da Agência EFE