Conmebol recebe doação de 50 mil doses de vacina contra a Covid-19

Em nota oficial, a entidade afirma que a imunização terá como foco os principais times do futebol sul-americano, além de torneios masculinos e femininos organizados pela confederação

  • Por Jovem Pan
  • 13/04/2021 11h27 - Atualizado em 13/04/2021 17h29
EFEAlejandro Domínguez é o presidente da Conmebol

A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) informou na manhã desta terça-feira, 13, que recebeu a doação de 50 mil doses da vacina chinesa CoronaVac, produzida pelo laboratório Sinovac. Em nota oficial, a entidade afirma que a imunização terá como foco os principais times do futebol profissional sul-americano, além de torneios masculinos e femininos organizados pela confederação (Libertadores, Sul-Americana e outros) – a prioridade seria a Copa América, que começa em junho. “Os detalhes logísticos e operacionais do processo de vacinação serão devidamente informados pela Conmebol, em coordenação com as Associações Membros”, diz um trecho do comunicado.

“Este é um grande passo para derrotar a pandemia, mas de forma alguma significa que estamos baixando a guarda. Vamos manter o nosso trabalho responsável, que nos permitiu concluir os nossos torneios com tranquilidade e sem alterar os formatos” comentou Alejandro Dominguez, presidente da Conmebol. No comunicado, a Conmebol também agradeceu os esforços do presidente do Uruguai, Luis Lacalle Pou, e ao Embaixador do Uruguai na China, Fernando Lugris, responsáveis pela parceria com a Sinovac.