Detido após briga na Grécia, capitão do Manchester United recebe liberdade provisória

Harry Maguire tentou subornar policiais gregos após se envolver em discussão

  • Por Jovem Pan
  • 22/08/2020 12h11
EFE / EPA / Peter Powell / NMC / PoolZagueiro Harry Maguire será julgado na terça-feira por briga em ilha grega

O zagueiro Harry Maguire, capitão do Manchester United, recebeu liberdade provisória neste sábado, 22, após ser preso na quinta-feira passada por se envolver em uma briga na ilha de Mykonos, na Grécia. O recurso vale até a próxima terça-feira, quando o jogador será julgado. De acordo com o portal “Mykonos Voice”, Maguire saiu pela porta dos fundos da promotoria da ilha de Siros, para onde foi levado depois do incidente. O caso foi encaminhado ao tribunal de pequenos delitos.

Maguire foi detido após se envolver em uma briga com turistas britânicos. Segundo a polícia local, o jogador e dois acompanhantes participaram do ato. Em comunicado, a polícia explica que as autoridades decidiram abrir um processo por crimes de violência contra funcionários, desobediência, dano corporal, insulto e tentativa de suborno. O incidente, que ocorreu durante a madrugada de quinta para sexta-feira, foi flagrado por agentes que patrulhavam o centro de Mykonos como parte das ações de controle da Covid-19. Os policiais presenciaram uma briga entre várias pessoas.

O comunicado informa que os três estrangeiros – Maguire e os acompanhantes – se voltaram contra os agentes, proferiram insultos e agrediram um deles várias vezes. Os policiais levaram os envolvidos para a delegacia, onde os ataques verbais continuaram e três agentes foram agredidos. Maguire, de acordo com a imprensa local – tentou subornar um oficial para evitar o processo.

De acordo com o canal de TV “Mega”, o jogador de 27 anos, supostamente se envolveu na briga porque alguém feriu sua irmã. Ao ser detido, Maguire teria pedido para recorrer a uma lei que existe na Inglaterra que permite o pagamento de uma sanção para anular o processo. Vários vídeos compartilhados em redes sociais mostram a briga ocorrida no centro de Mykonos, onde Maguire estava de férias. O advogado do zagueiro, Konstantinos Darivas, disse em entrevista ao portal “Onsports” que o cliente nega todas as acusações e colabora “plenamente com as autoridades”.

*Com Agência EFE