Eriksen posta foto do hospital após mal súbito na Eurocopa: ‘Me sinto bem’

Ainda internado em um hospital na cidade de Copenhagen, na Dinamarca, o armador da Inter de Milão agradeceu aos torcedores pelas mensagens de apoio que tem recebido

  • Por Jovem Pan
  • 15/06/2021 10h26 - Atualizado em 15/06/2021 17h22
Montagem sobre fotos/Reprodução/Instagram/@chriseriksen8/EFE/EPA/Friedemann VogelEriksen, meio-campista da Inter de Milão e da Dinamarca, disse que 'está bem' após mal súbito na Eurocopa

O meio-campista Christian Eriksen fez a sua primeira publicação no Instagram desde o mal súbito que sofreu na partida entre Dinamarca e Finlândia, no último sábado, 12, em partida válida pela rodada inaugural da Eurocopa. Ainda internado em um hospital de Copenhagen para realizar mais exames, o armador da Inter de Milão agradeceu aos torcedores espalhados por todo o mundo pelas mensagens de apoio que tem recebido e disse estar se sentindo bem. Médico da seleção dinamarquesa, Morten Boesen disse no domingo que o atleta sofreu uma parada cardíaca e precisou ser reanimado após cair desacordado em campo.

“Olá a todos. Muito obrigado pelos doces e fantásticos cumprimentos e mensagens de todo o mundo. Significa muito para mim e para a minha família. Estou bem, dadas as circunstâncias”, escreveu o jogador de 29 anos em uma postagem no seu Instagram. “Ainda tenho de realizar alguns exames no hospital, mas sinto-me bem. Agora irei apoiar os jogadores da seleção dinamarquesa nos próximos jogos. Joguem por toda a Dinamarca. Com os melhores cumprimentos, Christian”, concluiu o meia, sorrindo e fazendo um sinal de positivo na foto que foi publicada.

Eriksen, agora, irá acompanhar o restante da campanha da Dinamarca de fora dos gramados. Ainda sem saber o que motivou o mal súbito, o armador terá de realizar uma minuciosa investigação das possíveis causas da parada cardíaca. Jogador da Inter de Milão, ele coleciona longa passagem pelo Tottenham, da Inglaterra, e foi formado nas categorias de base do Ajax, da Holanda. Em todos os clubes, ele nunca apresentou qualquer cardiopatia. A seleção dinamarquesa, por sua vez, volta a campo para a enfrentar a Bélgica nesta quinta-feira, 17, atuando mais uma vez em casa. Derrotada pelos finlandeses, a Dinamarca ainda sonha com a classificação às oitavas.