Final e semifinais da Eurocopa terão até 60 mil torcedores no Wembley

Para assistir à final será necessário ter recebido as duas doses da vacina pelo menos 14 dias antes da data da partida ou mostrar um teste de antígeno negativo

  • Por Jovem Pan
  • 22/06/2021 12h09 - Atualizado em 22/06/2021 15h00
EFE/EPA/Facundo Arrizabalaga Estádio Wembley, em Londres, poderá receber 60 mil pessoas na final e nas semifinais da Eurocopa

A final e as semifinais da Eurocopa 2020, que serão realizadas em Wembley, em Londres, poderão receber até 60 mil espectadores. A decisão foi anunciada nesta terça-feira, 22, pelo governo britânico, que permitiu que 75% da capacidade do estádio (90 mil) poderá ser utilizada para receber torcedores nas partidas. No comunicado, no entanto, nenhum detalhe foi fornecido ainda sobre como os fãs do exterior poderão comparecer nos dias 6, 7 e 11 de julho, sem ter de ficar em quarentena após voar para a capital inglesa. Antes da informação revelada hoje, as autoridades britânicas já haviam concordado em aumentar a capacidade atual da fase de grupos de cerca de 22 mil a pelo menos 40 mil para um dos jogos das oitavas de final e das três últimas partidas do torneio.

O presidente da Uefa, Aleksander Ceferin, diz estar “grato ao primeiro-ministro e ao governo do Reino Unido por seu trabalho árduo na finalização desses acordos”. A Uefa disse na semana passada que está em negociação com as autoridades de Londres para permitir que fãs estrangeiros fiquem no país por menos de 24 horas e dentro de bolhas. Desta forma, o primeiro-ministro britânico Boris Johnson rebateu a pressão exercida por outros líderes políticos para mudar a sede da fase final da Euro para países com menor incidência da Covid-19 e onde mais fãs poderiam ser acomodados. Será o evento com maior público do Reino Unido desde o início da pandemia. Para o torcedor assistir à final será necessário ter recebido as duas doses da vacina pelo menos 14 dias antes da data da partida ou mostrar um teste de antígeno negativo.