Kroos surpreende ao deixar Cristiano Ronaldo fora do top 5 da história do Real Madrid 

O alemão estreou o quadro ‘MY EPIC 5’, do canal do YouTube do clube, que consiste em um atleta do time madrileno escolher 5 jogadores lendários que passaram pelo Santiago Bernabéu

  • Por Jovem Pan
  • 03/12/2021 11h31
Divulgação/UEFA Cristiano Ronaldo e Kroos comemoram o gol marcado pelo meia Asensio, que garantiu a vitória do Real sobre o Bayern Cristiano Ronaldo e Kroos comemoram o gol marcado pelo meia Asensio, que garantiu a vitória do Real sobre o Bayern

Cristiano Ronaldo é o maior artilheiro da história do Real Madrid, com 450 gols marcados em mais de nove anos servindo o clube espanhol. Ao todo, o atacante conquistou quatro vezes a Liga dos Campeões e o bi do Campeonato Espanhol em sua passagem gloriosa, além de outros títulos de menor expressão. Ainda assim, de acordo seu amigo e ex-companheiro Toni Kroos, o português não está entre os cinco melhores de todos os tempos da histórias dos “Merengues”. Nesta sexta-feira, 3, o alemão estreou o quadro “MY EPIC 5”, do canal do YouTube do Real Madrid, que consiste em um atleta do time madrileno escolher 5 jogadores lendários que passaram pelo Santiago Bernabéu.

Companheiro de Cristiano Ronaldo de 2014 a 2018, Kroos escolheu os aposentados Iker Casillas, Roberto Carlos, Uli Stielike, Zinedine Zidane e Raul. “O goleiro eu tenho que escolher Iker Casillas. Por que eu não conheço nenhum outro goleiro do Real Madrid desde que eu nasci. Então tive que escolher Iker, foi um prazer jogar com ele e foi um goleiro muito especial. Minha escolha para defesa é o Roberto Carlos, ele é um defensor lendário. Não só na defesa, mas marcou vários gols com a sua espetacular perna esquerda. Ele é uma lenda absoluta. Minha primeira escolha no meio-campo é Uli Stielike. Eu superei ele nos números de jogos no Real Madrid, tenho muito respeito por ele por ter jogado tantas partidas no Real Madrid. O próximo é Zinedine Zidane. Não só um ótimo técnico, mas como jogador era um ídolo, a forma que ele jogava era boa de assistir. Sem dúvida ele tem que estar nesse time. O último é Raul, um jogador que sempre assistia, porque era bom para assistir e tinha um jogador com uma ótima mentalidade, um líder”, disse.

Iker Casillas, Roberto Carlos, Zinedine Zidane e Raul formaram, no começo dos anos 2000, o time de “Galácticos” do Real Madrid, que também chegou a contar com outras estrelas, como Ronaldo Fenômeno, David Beckham e Luís Figo, por exemplo. Já Uli Stielike é um ex-meio-campista alemão que jogou no Real Madrid entre 1977 e 1985, com mais de 250 jogos com a camisa da equipe. Além de CR7, outra ausência que chamou atenção dos torcedores do clube foi a de Sergio Ramos, multicampeão que hoje defende as cores do Paris Saint-Germain.