Neymar desabafa sobre morte de Kobe Bryant: ‘Tínhamos muito em comum’

  • Por Jovem Pan
  • 05/04/2020 16h13 - Atualizado em 05/04/2020 16h14
ReproduçãoNeymar e Kobe Bryant eram amigos

Antes da crise provocada pelo novo coronavírus, o atacante Neymar concedeu entrevista para a versão árabe da revista “Vogue”. Em trecho da conversa publicado neste domingo (5), o camisa 10 do Paris Saint-Germain relatou como a morte de Kobe Bryant, astro do basquete, o afetou.

“A morte dele me afetou muito, porque nossas vidas tinham muito em comum”, comentou o ex-Santos. “Eu conheci Kobe pessoalmente na época em que ele veio a Paris… Quando você conhece a pessoa por trás do atleta, isso cria um relacionamento diferente e, com Kobe, foi muito especial”, completou.

Kobe Bryant faleceu em janeiro em decorrência da queda de um helicóptero, que transportava ele, sua filha Gianna e mais sete pessoas – todos morreram. Neymar, na ocasião, chegou até a homenagear o ex-craque do Los Angeles Lakers durante uma partida pelo PSG.

“O esporte e a sociedade perderam um grande cara”, complementou Neymar, que também fez uma publicação no Instagram em homenagem a Kobe.

Quanto ao futebol, Neymar também lamentou as suas últimas duas temporadas, que acabaram sendo marcadas pelo número de lesões.

“Não há nada pior para um atleta profissional do que lesões. Eu realmente sofri com lesões nessas últimas duas temporadas e tive momentos que me questionei. Metade do sucesso de um atleta está na mente. Se o mental está bom, o jogo flui mais naturalmente”, disse.