PSG pode ficar sem taça do Francês pela 1ª vez desde as contratações de Neymar e Mbappé 

Com o empate contra o Rennes, o time parisiense viu a oportunidade de levar a taça diminuir consideravelmente, já que a vantagem para o Lille, líder da competição, abriu para três pontos

  • Por Jovem Pan
  • 09/05/2021 22h22
Julien de Rosa/EFENeymar durante partida do PSG no Campeonato Francês

O Paris Saint-Germain tropeçou ao ficar no empate em 1 a 1 com o Rennes na noite deste domingo, 9, no estádio Parque dos Príncipes, pela antepenúltima rodada do Campeonato Francês 2020/21. Com o resultado, o time parisiense viu a oportunidade de levar a taça diminuir consideravelmente, já que a vantagem para o Lille, líder da competição, abriu para três pontos. Desta forma, o todo poderoso clube da capital pode ficar sem a taça do Nacional pela primeira vez desde as contratações de Neymar e Kylian Mbappé, em agosto de 2017 – desde então, o PSG faturou as últimas três edições da competição com muita folga, sem demonstrar muita dificuldade.

Na segunda posição do Francês, o PSG precisa vencer o Reims no próximo domingo, na capital francesa, para continuar sonhando com a taça até a última rodada, quando visita o Brest. Além disso, o time treinado treinador pelo argentino Maurício Pocchetino terá que torcer para uma derrota do Lille, que ainda recebe o Saint-Étienne e encara o Angers, fora de casa, no último jogo do campeonato. Hegemônico nos últimos anos, 7 das últimas 8 edições. Em 2016-17, o Monaco, que até então tinha Mbappé, levantou o caneco. À Jovem Pan, o brasileiro Luiz Araújo, atacante do Lille, falou sobre o sonho de faturar a taça, algo que não acontece há dez anos. “Acredito que o clube está fazendo um grande planejamento e, por isso, estamos nesse ótimo momento de hoje. Temos uma excelente estrutura, jovens jogadores com muita qualidade, evoluindo a cada dia e brigando pelo título”, destacou. “O clima é o melhor possível. Estamos vindo de uma boa sequência de resultados e o foco é não deixar o ritmo cair nessa reta final. É um grande ano e queremos ser coroados com o título”, complementou o jogador, formado nas categorias de base do São Paulo.