Recém-contratado como técnico, Xavi cria 10 regras para jogadores do Barcelona

Código do novo treinador inclui chegar cedo aos treinamentos, não dormir tarde em véspera de jogo e aplicação de multa por indisciplina

  • Por Jovem Pan
  • 09/11/2021 18h48
Reprodução/ Twitter @fcbarcelona_br xavi; barcelona Xavi teve seu primeiro dia de trabalho nesta terça-feira, dia 9

Tentando se reerguer na temporada, o Barcelona passará por uma reformulação com a chegada de Xavi como treinador. De acordo com o jornal Ás, o técnico recém-chegado impôs 10 regras restritivas para o elenco culé no primeiro dia de trabalho nesta terça-feira, 9, que vão desde alimentação passando por treino e saídas em dias anteriores aos jogos. Uma decisão parecida foi tomada pelo ex-treinador do Chelsea, Frank Lampard, ao assumir o time inglês. Confira abaixo todas as regras de Xavi:

1. Os jogadores devem chegar uma hora e meia antes do treino
Os treinamentos do Barcelona começam às 11h da manhã todos os dias e, em tempos anteriores, os jogadores podiam chegar meia hora ou vinte minutos antes. Agora, todos precisam chegar com 90 minutos de antecedência para se prepararem melhor e terem tempo de fazer um pequeno-almoço tranquilo.

2 – Comissão terá que chegar duas horas antes do treino
Para dar o bom exemplo, Xavi quer que a equipe técnica chegue com duas horas de antecedência ao CT Ciudad Esportiva Joan Gamper com o objetivo de que, quando os jogadores chegarem, tudo esteja pronto para a sessão de treinamento.

3 – Refeições serão feitas no Centro de Treinamento
A partir desta terça-feira, 9, todos os jogadores da equipe principal precisarão comer no refeitório das instalações Blaugrana sob os cuidados dos nutricionistas do clube. De acordo com o novo técnico, uma dieta correta pode prevenir lesões e melhorar o preparo físico.

4 – Serão aplicadas multas por indisciplina
As multas aplicadas por faltas menores, graves e muito graves do tempo de Luis Enrique voltarão ao time. Xavi acredita que os jogadores sabem o que têm ou não fazer. Essa não é uma iniciativa nova no clube. Quando o meia era treinado por Rijkaard e quando Pep Guardiola assumiu o time também foram impostos códigos de conduta rígidos que deram frutos.

5 – Sanções progressivas
A aplicação de multas será da seguinte maneira: se o jogador se atrasar uma vez pagará a penalidade mais leve de 100 euros (R$ 635), à segunda penalidade seria de 200 euros (R$ 1.271), mas na terceira a quantia subiria para 400 (R$ 2.542), assim por diante. Informações do jornal Ás mostram que alguns atletas da época de Luis Enrique chegaram a dever 6.000 euros de multas em uma única temporada.

6 – 48h antes dos jogos não pode chegar tarde em casa
Dois dias antes de qualquer partida é proibido chegar depois da meia-noite em casa. A ideia é que os jogadores estejam nas melhores condições possíveis e um dos requisitos não negociáveis é levar uma vida ordenada.

7 – Meritocracia
Quem treina melhor é quem tem mais empenho no trabalho e condições de começar como titular nas partidas. O restante ficará no banco ou, na pior das hipóteses, não serão convocados.

8 – Controle de atividades extra-campo
Os jogadores podem fazer outras atividades além das futebolísticas, mas se estas interferirem no desempenho terão de ser supervisionados pela comissão técnica. O jogador não poderá fazer viagens privadas de várias horas de avião durante a temporada sem permissão do treinador.

9 – Atividades de risco são proibidas
Surfar ou andar de bicicleta elétrica são tipo de atividades que não poderão ser realizadas pelos atletas do Barcelona. Esse tipo de prática é considerada infração gravíssima e passaria para o departamento jurídico do clube por ser considerada uma violação flagrante do contrato.

10 – Manter boa imagem
Por último, o treinador quer que os jogadores sejam os primeiros a dar exemplo como a boa imagem do clube tendo empatia com os torcedores. Atitudes repreensíveis são proibidas. Durante as viagens, eles devem cumprir as regras de conduta e incentivar o Barcelona em todos os momentos.