Sem Messi e Neymar, PSG vence Angers de virada com brilho de Mbappé 

Após o time visitante abrir o placar com Fulgini, a estrela francesa deu assistência para Danilo Pereira empatar e acabou virando em cobrança de pênalti

  • Por Jovem Pan
  • 15/10/2021 17h59 - Atualizado em 15/10/2021 18h03
EFE/EPA/IAN LANGSDONMbappé marcou na vitória do PSG sobre o Angers, pelo Campeonato Francês

O Paris Saint-Germain não teve vida fácil, mas conseguiu vencer o Angers por 2 a 1 nesta sexta-feira, 15, no Parque dos Príncipes, em confronto válido pela 10ª rodada do Campeonato Francês. Sem contar com Lionel Messi e Neymar, que defenderam a seleção argentina e a brasileira, respectivamente, nas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022, o time parisiense contou com o brilho de Kylian Mbappé para ganhar mais uma no nacional. Após o time visitante abrir o placar com Fulgini, a estrela francesa deu assistência para Danilo Pereira empatar e acabou virando em cobrança de pênalti, já nos minutos finais do duelo. Com o resultado, o PSG permanece na liderança isolada do torneio, alcançando os 27 pontos, nove a mais que o segundo colocado Lens.

O Angers mostrou o motivo de estar na quarta posição do Francês no primeiro tempo. Além de exercer uma forte marcação, postado com uma linha de cinco defensores, o time visitante foi letal em contra-ataques. Em um deles, aos 35 minutos, Boufal recebeu pela direita e cruzou na medida para Fulgini completar na segunda trave. Na volta do intervalo, o Paris voltou sendo mais agressivo, acionando mais Kylian Mbappé. Aos 23, o atacante fez a diferença ao cruzar na cabeça de Danilo Pereira, que não desperdiçou. Empolgado com a igualdade, o PSG chegou ao gol da virada através de um pênalti polêmico. Após consultar o VAR, o árbitro da partida deu toque de mão de Capelle em testada de Icardi. Na cobrança, Mbappé não decepcionou e deu a vitória ao conjunto azul e vermelho.