Técnico confirma CR7 fora da Juventus; Manchester City e United brigam por atacante

Nesta sexta-feira, o treinador da Juventus, Massimilano Allegri, confirmou que Cristiano Ronaldo não pretende seguir no clube italiano; rivais da Inglaterra travam disputa pelo astro

  • Por Jovem Pan
  • 27/08/2021 10h22 - Atualizado em 27/08/2021 15h52
EFE/EPA/ALESSANDRO DI MARCO Cristiano está de saída da Juventus e deve retornar à Inglaterra

A atual janela de transferências do futebol europeu, marcada para se encerrar na próxima terça-feira, 31, tem tudo para ser uma das mais impactantes da história. Depois de Lionel Messi trocar o Barcelona pelo Paris Saint-Germain, é a vez do “rival” do argentino mudar de casa. Nesta sexta-feira, o treinador da Juventus, Massimilano Allegri, confirmou que Cristiano Ronaldo não pretende seguir no clube italiano. Até por isso, o “Robozão” sequer treinou com o restante do elenco, no CT em Vinovo, na região metropolitana de Turim, e se despediu dos companheiros. “Ontem (quinta-feira), Cristiano me comunicou que não tem intenção de jogar pela Juventus. Por isso, não será relacionado amanhã (sábado)”, afirmou o comandante da Velha Senhora, sobre a lista de jogadores que ficarão disponíveis para o duelo com o Empoli, pela segunda rodada do Campeonato Italiano.

Mas, afinal, qual será o destino de Cristiano Ronaldo? Até a última quinta-feira, a imprensa inglesa colocava o Manchester City, treinado por Pep Guardiola, como a nova casa do jogador. Nas últimas horas, entretanto, o United também teria entrado na disputa – vale lembrar que CR7 jogou pelo time vermelho de 2003 a 2009. Perguntado sobre o tema em entrevista coletiva, o técnico dos Diabos Vermelhos, Ole Solkjaer, abriu as portas para o português. “Sempre tivemos uma boa comunicação. Bruno [Fernandes] também tem falado com ele e sabe o que sentimos por ele. Se algum dia ele ia se afastar da Juventus, ele sabe que estamos aqui”, disse. Guardiola, por sua vez, adotou um tom pessimista. “Não posso dizer muito. Tudo pode acontecer nos próximos dias de janela. Há poucos jogadores, como Cristiano, que têm o poder de decidir onde jogar. Meu sentimento é que, neste momento, o nosso elenco vai seguir como está”, declarou o espanhol. Pouco depois da fala do comandante, o jornalista Fabrizio Romando, especializado no mercado de transferências, disse que o City desistiu do negócio. 

Segundo informações da imprensa britânica, a família Glazer, proprietária do Manchester United, estaria disposta a fazer mais um esforço para recontratar Cristiano Ronaldo, com a intenção de agradar seus torcedores, que ficaram frustrados com o vice-campeonato da Liga Europa. A mídia italiana, por sua vez, afirma que a Juventus aceitar liberar o atacante por 30 milhões de euros (na cotação atual, cerca de R$ 184 milhões). Contratado em 2018 por 100 milhões de euros, o atacante soma 134 partidas com a Juve, contribuindo com 101 gols e 22 assistências. Apesar de não ter alcançado o maior objetivo, que era o título da Liga dos Campeões, o gajo participou de cinco taças com a Velha Senhora, sendo duas do Campeonato Italiano, duas da Supercopa da Itália e uma da Copa da Itália.