Técnico somali dá soco em 4º árbitro e invade o campo para bater no juiz

Ahmed Mohamed Hassan, do Horseed, reagiu de forma inesperada ao ser expulso da partida

  • Por Jovem Pan
  • 23/07/2020 18h03
ReproduçãoTreinador invadiu o campo para tentar agredir o juiz

A máxima “clássico é um campeonato à parte” vale em qualquer parte do mundo e, às vezes, algumas situações fogem do controle. Foi o que aconteceu no início desta semana no Campeonato Somali, onde Horseed e Helman, que disputam as primeiras colocações do torneio, se enfrentaram.

Segundo relatos de jornalistas locais, tudo começou aos 30 minutos do segundo tempo, quando o treinador do Horseed reclamou de uma decisão da arbitragem e acabou expulso.

Ahmed Mohamed Hassan reagiu de uma forma inesperada ao cartão vermelho. Ao invés de se dirigir ao vestiário, ele se descontrolou – deu um soco no 4ª árbitro e invadiu o gramado para tentar bater no juíz. Os jogadores, auxiliares e comissão técnica conseguiram contê-lo.

Após a confusão, a arbitragem resolveu encerrar o jogo. Por conta da conduta antidesportiva, ele foi suspenso por 14 meses e condenado a pagar uma multa de 700 dólares.

O resultado não interferiu na classificação do campeonato. O Horseed segue na 3ª colocação, com 30 pontos, e o Elman, com 31, em segundo. O Mogadishu City soma 32, e é o líder.

  • Tags: