Torcedores do Nice podem pegar até três anos de prisão por invasão de campo na França

Confusão durante partida entre Nice e Olympique de Marseille, pelo Campeonato Francês, chocou o futebol internacional no fim de semana

  • Por Jovem Pan
  • 23/08/2021 19h04 - Atualizado em 23/08/2021 19h50
Reprodução/ FoxSportsConfusão entre Nice e Olympique interrompeu partida do Campeonato Francês

O grupo de torcedores que invadiu o gramado durante o jogo entre Nice e Olympique de Marselha, pelo Campeonato Francês, podem pegar até três anos de prisão e serem obrigados a pagar multa de 45 mil euros (aproximadamente R$ 283,3 mil), conforme indicou nesta segunda-feira, 23, o Ministério Público da cidade de Nice. De acordo com informações divulgadas pelo órgão, foi aberta uma investigação que já resultou em diversas denúncias contra suspeitos de terem lançado objetos contra jogadores do Olympique, que visitava o adversário, no estádio Allianz Arena. Alguns, inclusive, ficaram feridos, entre eles o zagueiro brasileiro Luan Peres. O MP de Nice indicou que houve acusações formais por “entrada no campo de jogo, impedindo a realização normal de uma competição esportiva, lançamento de objetos que representaram perigo para a segurança, uso de mobiliário do estádio como armas, vandalismo grave e violência voluntária agravada durante evento esportivo”.

Caso sejam condenados em um tribunal por esses delitos a que foram acusados, os suspeitos poderão ser condenados a três anos de prisão, multa de 45 mil euros, além da proibição de estar nas arquibancadas de um evento esportivo durante cinco anos. As investigações sobre os incidentes estão a cargo dos serviços de segurança departamental da prefeitura dos Alpes Marítimos, que estão utilizando imagens de câmeras de segurança e de transmissões da partida, para identificar os autores e averiguar as responsabilidades. Além disso, também estão sendo apurados eventuais delitos que possam ter sido cometidos pelos jogadores e integrantes das comissões técnicas dos dois times.

Também nesta segunda-feira, a ministra dos Esportes da França, Roxana Maracineanu, afirmou que a violência na partida do Campeonato Francês foi além do limite e exigiu punições. A liga que organiza a competição também iniciou uma investigação e já convocou representantes do Olympique de Marselha e do Nice para uma reunião da Comissão de Disciplina, que está marcada para a próxima quarta-feira, 25.

Violência paralisa partida no Campeonato Francês

Na partida deste domingo, válida pela terceira rodada da Ligue1, torcedores organizados do Nice, que ocupavam o setor sul do estádio da equipe, lançaram garrafas de plástico nos jogadores do Olympique em cobrança de escanteio. Uma delas acertou o meia francês Dimitri Payet, que jogou o objeto de volta para as arquibancadas. Os torcedores não gostaram da atitude do atleta e um grupo invadiu o gramado com a intenção de agredir os jogadores do Marselha, mas foram contidos pelos seguranças que atuavam no jogo. Os atletas, integrantes das comissões técnicas e outros funcionários das duas equipes se envolveram na confusão, que obrigou o árbitro a suspender o duelo por mais de uma hora, com o placar marcando 1 a 0 para o Nice. A liga decidiu que a partida deveria ser reiniciada, mas os jogadores do Olympique, com aval da direção, optaram por não voltar ao gramado, alegando falta de condições de segurança.

*Com informações da EFE