Torcida do Valladolid responsabiliza Ronaldo por iminente rebaixamento no Espanhol: ‘Descaso’

Em carta, a torcida criticou o Fenômeno, que no último domingo, enquanto o time era goleado pela Real Sociedad por 4 a 1, publicou um vídeo ao lado do ator Bruno Gagliasso, durante um passeio de barco na ilha de Formentera, na Espanha

  • Por Jovem Pan
  • 20/05/2021 10h58 - Atualizado em 20/05/2021 17h51
Instagram/ReproduçãoRonaldo Fenômeno é o proprietário do Real Valladolid

Os torcedores do Real Valladolid estão completamente indignados com a postura de Ronaldo, ex-jogador da seleção brasileira e sócio-majoritário do clube. Isso porque, restando apenas uma rodada para o término do Campeonato Espanhol, o time ocupa a penúltima posição da tabela e precisa vencer o líder Atlético de Madrid, no próximo final de semana, além de contar com uma combinação de resultados, para escapar do rebaixamento. Em carta, a torcida criticou o Fenômeno, que no último domingo, enquanto o Valladolid era goleado pela Real Sociedad por 4 a 1, publicou um vídeo ao lado do ator Bruno Gagliasso, durante um passeio de barco na ilha de Formentera. “Através desta carta, solicitamos um encontro informativo entre os Presidentes dos Peñas e Ronaldo Nazario de Lima, atual Presidente do Clube e chefe do futuro próximo de nossa equipe. Nossa intenção é mostrar nosso desconforto pelo que acreditamos que tem sido um completo descaso na tomada de decisões que correspondiam ao âmbito desportivo durante esta temporada, tendo como consequência, o iminente rebaixamento da equipe”, escrevem os torcedores do Valladolid.

“Lamentamos também o sigilo e a falta de comunicação do Clube, e em especial do seu Presidente, no que diz respeito a quem somos, o pilar deste clube: a sua massa social (Associados, Torcedores e Adeptos). Acreditamos que, neste ponto, devam ser dadas as devidas explicações sobre o futuro imediato do Valladolid e assim saber quais são ao mesmo tempo as intenções do seu máximo representativo e os planejamentos econômico e desportivo a curto prazo. Tudo isso com o objetivo de poder devolver um clube histórico como o nosso ao lugar que merece, a Primeira Divisão”, acrescentam os torcedores, conformados com a queda para a segunda divisão nacional. Para evitar o rebaixamento, o time de Ronaldo precisa bater o Atlético de Madrid, além de torcer para uma derrota do Huesca, primeiro time a aparecer fora da zona da degola, e do Elche, que está imediatamente à frente, na 18.ª colocação. Ambos estão com 33 pontos, enquanto que o time de Ronaldo Fenômeno tem 31. O brasileiro ainda não se manifestou sobre as cobranças.