Treinador do Barcelona se irrita com matéria sobre interesse do PSG em Messi

Recentemente, Koeman já havia dito que é uma falta de respeito associar a imagem do craque argentino ao Paris Saint-Germain

  • Por Jovem Pan
  • 09/02/2021 13h13 - Atualizado em 09/02/2021 14h06
Enric Fontcuberta/EFERonald Koeman é o atual treinador do Barcelona

O Barcelona joga nesta quarta-feira, 10, contra o Sevilla, fora de casa, pela partida de ida das semifinais da Copa do Rei, mas o assunto principal da entrevista coletiva do técnico holandês Ronald Koeman foi outro. Ele ficou irritado com a matéria publicada pela revista “France Football” sobre o interesse do Paris Saint-Germain em Lionel Messi às vésperas do primeiro duelo entre os dois times pelas oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa. Na edição de segunda-feira, 8, o craque argentino apareceu na capa da revista francesa, em uma montagem, vestindo a camisa do time de Paris. O treinador mostrou a sua indignação com a publicação. “Não sei por que fazem isso. Se eles querem falar sobre o futuro do Leo, que falem… Na próxima terça vamos jogar contra o PSG na Liga dos Campeões e aí a gente vê o que acontece”, disse.

Recentemente, Koeman disse que é uma falta de respeito associar a imagem de Messi ao Paris Saint-Germain. A capa comentada faz referência ao plano que o clube francês teria para contratar Messi, com fatores que poderiam atrair o argentino para jogar em Paris a partir da próxima temporada. Barcelona e PSG se enfrentam na próxima terça-feira, no estádio Camp Nou, em Barcelona, pelo jogo de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões. O duelo de volta está marcado para 10 de março, no estádio Parque dos Príncipes, na capital francesa.

Koeman também respondeu Rudi García, técnico do Lyon, que disse no final de semana que o holandês teria aliciado Memphis Depay, meia do time francês, em declarações à imprensa mesmo após o fim da janela de transferências do verão europeu passado, em agosto. Na época, o jogador holandês foi colocado como alvo primordial para Koeman caso o Barcelona perdesse Messi. “O técnico do Lyon parece gostar bastante de aparecer. Mas isso não é importante para mim”, completou Koeman.

*Com Estadão Conteúdo