Galhardo desperdiça último pênalti e Olímpia avança para as quartas de final da Libertadores

Times empataram sem gols no tempo normal e paraguaios venceram nas penalidades por 5 a 4

  • Por Jovem Pan
  • 22/07/2021 23h45
EFE/Ricardo Rimoli POOL Thiago Galhardo errou o último pênalti

O Internacional foi o único brasileiro – até o momento – eliminado da Copa Libertadores nas oitavas de final. Na noite desta quinta-feira, 22, os Colorados empataram em 0 a 0 no tempo normal com o Olimpia e perderam de 5 a 4 nos pênaltis. O resultado coloca os paraguaios no caminho do Flamengo na próxima fase. O primeiro tempo de jogo foi total do Internacional. Yuri Alberto teve uma grande chance logo aos seis minutos, mas a bola parou no goleiro Aguilar. Taison acertou a trave aos 22 minutos e aos 26, o Inter conseguiu balançar as redes, mas a arbitragem marcou impedimento no lance. Aos 33, Galhardo cabeceou em cima do goleiro depois de cobrança de falta e, no rebote, Dourado chutou para fora. Seis minutos depois, Galhardo novamente desperdiçou uma boa chance na pequena área. O Olimpia não chegou na meta de Daniel e assim continuou no segundo tempo.

O ataque colorado se manteve firme e pressionando até que, aos 20 minutos, Taison foi derrubado dentro da área e o árbitro marcou pênalti. Edenílson foi para a cobrança, mas o goleiro Aguilar defendeu. O jogador do Internacional não tinha errado nenhuma penalidade no clube. O erro desestabilizou a equipe de Aguirre, que não conseguiu chegar com perigo real e levou a decisão para os pênaltis. Nas cobranças, Edenílson, Boschilia, Moisés e Mauricio converteram. Na última cobrança, Galhardo jogou para fora. Do lado do Olimpia, todos os jogadores converteram: Silva, Pitta, Ojeda, Ortiz e Gonzalez.