Gaviões da Fiel cobra saída do técnico Vagner Mancini em frente ao CT do Corinthians

Protesto da torcida organizada também demonstrou insatisfação com o presidente Duílio e ‘jogadores sem vontade’; ‘Salário grande, futebol pequeno’, estampou uma das faixas no ato

  • Por Jovem Pan
  • 24/04/2021 20h21
Imagem: Reprodução/Twitter @gavioesoficialFaixas de protesto foram penduradas no CT Joaquim Grava neste sábado, 24

Enquanto os jogadores se preparavam para a partida contra o Santos, a Gaviões da Fiel protestou em frente ao CT Joaquim Grava neste sábado, 24. No ato, a principal torcida organizada do Corinthians reivindicou a saída do técnico Vagner Mancini. “Devido à pandemia, não convocamos a torcida para este ato, mas reivindicamos em cima das principais insatisfações, que são comuns a todo corinthiano. Pedimos fora Mancini, cobramos o presidente Duílio e os jogadores sem vontade. Respeitem o Corinthians”, publicou a Gaviões da Fiel no Twitter. Os torcedores estão insatisfeitos com os resultados obtidos pelo clube desde a chegada do treinador, em outubro de 2020. O time, que chegou a fugir do rebaixamento e flertar com a classificação à Copa Libertadores, não conseguiu alcançar melhores posições na reta final do último Brasileirão e teve de se contentar com vaga na Copa Sul-Americana.

No protesto, uma das faixas estampava o pedido: “Mancini fora já”. Outros cartazes, destinados ao presidente do Corinthians, Duílio Monteiro Alves, pediam que o mandatário consertasse os problemas ou deixasse o clube. “Duílio, estamos de olho”, “salário grande, futebol pequeno” e “jogadores sem vontade” também estavam registrados entre as faixas penduradas. Na temporada de 2021, com apenas uma derrota, cinco vitórias e três empates, o time ensaiava uma recuperação. No entanto, a estreia na Copa Sul-Americana não deixou boa impressão para os torcedores. Na ocasião, a partida contra o River Plate do Paraguai, o lanterna do campeonato local, terminou com um empate em 0 a 0. Com um clássico pela frente, o Corinthians espera resultados diferentes para às 20 horas deste domingo, 25, quando enfrenta o Santos na Vila Belmiro em busca da classificação às quartas de final do Paulistão.