José Manoel: Infelizmente para os clubes, a hora é de vender e não de comprar

  • Por José Maoel de Barros/Jovem Pan
  • 25/06/2020 13h00
Rubens Chiri / saopaulofc.netIgor Gomes pode ser o próximo do São Paulo a ser vendido

Infelizmente, a hora é de vender, contratar está fora da realidade para maioria dos clubes brasileiros. O Athlético-PR vendeu muito e agora contrata. O Atlético-MG, deve muito e agora contrata, alguns com ajuda de parceiro.

O Corinthians trouxe e já apresentou Jô para o lugar de Vágner Love, mas imagino que esteja torcendo para que cheguem propostas por Carlos Augusto, Mateus Vital ou Lucas Piton, pois as vendas de Pedrinho e André Luis não são suficientes.

O São Paulo tem uma lista extensa de garotos formados em Cotia que foram embora nos últimos anos, Antony foi o mais recente. O próximo pode ser Igor Gomes. O Tricolor arrecadou muito com as vendas, o problema é que gastou mal, e agora se vender, que seja para pagar as contas.

O Palmeiras, em situação menos difícil, comparando com os rivais, não escapa da necessidade de vender, mas pode poupar os mais importantes do elenco e arrecadar com jogadores jovens ou menos utilizados, como Arthur Cabral, Artur, Matheus Fernandes e outros, incluindo garotos da base.

Situação delicada vive o Santos, tendo que lidar com punições da FIFA e proibido de inscrever novos jogadores, pelos casos de Cleber Reis e Luan Peres e ainda precisa resolver pendências por Soteldo e Aguilar. É necessário cuidado para que não acabe em perda de pontos, como ocorreu com o Cruzeiro. A solução para o time é outra vez recorrer à base e não há como escapar da enorme necessidade de fazer dinheiro e o único caminho, pelo menos no momento, é vender.

Essa é a realidade.