Landim garante permanência de Jorge Jesus: ‘Segunda-feira, ele está treinando o time’

Segundo a imprensa portuguesa, o treinador viajará para fechar com o Benfica no próximo final de semana

  • Por Jovem Pan
  • 16/07/2020 08h58
Jorge Jesus Alexandre Vidal/FlamengoJorge Jesus é treinador do Flamengo desde a metade de 2019

Rodolfo Landim, presidente do Flamengo, assegurou que Jorge Jesus seguirá à frente do time após a conquista do bicampeonato carioca. Embora existam rumores de que o treinador possa deixar o clube para assumir o Benfica, o dirigente assegurou que nada muda e o português continuará no comando do time para a sequência da temporada. O mandatário explicou que teve uma rápida conversa com o treinador nos vestiários do Maracanã na noite de quarta-feira, após o triunfo por 1 a 0 sobre o Fluminense, resultado que assegurou a conquista do título estadual, e admitiu que o treinador estará na próxima segunda-feira no Ninho do Urubu – o elenco e a comissão técnica estão de folga até lá.

“Segunda-feira, ele está treinando o time. É isso que está marcado. Nós estamos contando com ele lá na segunda-feira, foi o que eu falei agora com ele no vestiário. Todo mundo tem direito, né, ganharam um título. Vamos dar uns dias de folga”, disse.

Além disso, Landim afirmou que Jesus não fez qualquer sobre o seu futuro profissional ou uma proposta do Benfica. O treinador também não deu qualquer declaração sobre o assunto. “Só falamos sobre quando vamos começar a treinar de novo, como seria a volta Foi falado de dar a folga e se reapresentar. De vez em quando, falo com ele. Ele trabalha no Flamengo e eu sou presidente do clube, né?”, concluiu o presidente.

Jesus conquistou seu sexto título pelo Flamengo na noite de quarta-feira. Além do Campeonato Carioca, Jorge Jesus já havia sido campeão da Copa Libertadores e do Brasileirão, em 2019, e da Recopa Sul-Americana, Supercopa do Brasil e Taça Guanabara, nesta temporada. Em pouco mais de um ano, o treinador comandou o Flamengo em 56 jogos, com 43 vitórias, nove empates e quatro derrotas.

Ele renovou contrato com o Flamengo até junho de 2021. No entanto, no acordo assinado há cláusula de liberação sem multa rescisória para clubes europeus. Seu nome voltou a ganhar força no Benfica após a demissão de Bruno Lage em 29 de junho.

*Com Estadão Conteúdo